Opinião - Meu Ator Favorito (Part. 2)

Por Alvaro Luiz Matos

10 de setembro de 2015


Daremos continuidade aos atores favoritos de nossos colunistas, e cá entre nós, está muito legal. Caso não tenha lido a primeira parte é só clicar aqui. E para relembrar, nossa postagem será dividida em três partes, na semana que vem ainda tem mais.

Beatriz Fabri - Bryan Cranston

Não tive oportunidade de ver outras séries ou filmes com Bryan Cranston ainda, mas apenas com sua atuação em Breaking Bad, posso afirmar com toda a certeza do mundo que ele é o meu ator favorito atualmente.  Digo isso, pois o personagem Walter White é um personagem extremamente complexo de ser interpretado devido à sutileza com que ele vai evoluindo no decorrer da série.

A transformação do personagem Walter White da primeira para a quinta (e última) temporada ocorre paulatinamente e de forma quase que imperceptível, mas quando terminamos o seriado e assistimos o primeiro episódio novamente podemos ver que há um abismo de diferença entre um e outro que durante a série você não percebe, ou pelo menos não dessa maneira brusca. É claro que o roteiro é perfeito também, mas Bryan Cranston consegue incorporar Walter White/Heisenberg; ele consegue tirar os escritos de um roteiro e dar vida ao personagem e o faz de tal maneira que você, do outro lado da tela, torce, grita, esperneia, sofre, teme e se desespera por ele. Incontáveis cenas de arrepiar, de deixar cabelos em pé, o queixo caído, olhos cheios de lágrima e o coração na boca. Por essas e outras (várias outras) que Bryan Cranston é um dos melhores atores da atualidade.

Fabiano Oliveira - Jennifer Aniston
Não sei como expressar tudo o que eu sinto por essa mulher incrível. Jennifer Aniston marcou uma geração inteira e a minha vida.

Praticamente todo seriador já assistiu ou ouviu falar de F.R.I.E.N.D.S, seriado que acabou lançando ela para Hollywood e, foi a partir dessa série que eu acabei me apaixonando por todo esse universo. Então digo que eu devo muito a Rachel Green que acabou se tornando meu personagem favorito, e obviamente ao seriado.

Jennifer Aniston tem o talento necessário, a beleza de uma Deusa (sim, uma verdadeira Deusa grega), a simpatia de uma criança, o time e talento de uma verdadeira atriz. Você pode até estar acostumado a vê-la em comédias românticas com péssimas traduções para o português, mas a verdade é que essa mulher tem um espírito de leoa em seu corpo, assista Derailed, Horrible Bosses ou The Object of My Affection e entenderá tudo o que estou falando.

Não me canso de repetir seu nome, pois até o soar das letras sussurram nos meus ouvidos afetuosamente. Uma atriz que não precisa se expor aos holofotes da mídia para provar seu valor e talento. Não é a toa que é uma das mais queridas da América e uma das atrizes mais rentáveis do planeta.

Pâmela Albuquerque - Paul Rudd
Muita gente me pergunta o porquê desse cara ser o meu ator preferido. Acredito que seja mais uma questão de empatia com a atuação e com o jeito dele frente às câmeras do que com todo o resto propriamente dito.  Ele é não muito famoso, eu sei, porém acho até melhor que seja assim.

Devido a papéis predominantemente coadjuvantes, Paul ainda passa despercebido por muitos. Mesmo possuindo uma extensa carreira no cinema e algumas participações na televisão.  O primeiro filme seu que vi foi As patricinhas de Berverly Hills e desde então só a sua presença já é meio caminho andado para a minha motivação em assistir algo.

Em se tratando de séries, podemos lembrar sua participação nas temporadas 9 e 10 de Friends, em que Paul fazia o namorado fofo ¬-e provavelmente o mais normal em dez temporadas – da inesquecível Phoebe.  Dentre outros papéis na TV, participou de alguns episódios de séries como: Os Simpsons, Veronica Mars, Knots landing, sem falar do seu trabalho mais atual: Antman.

Paul Rudd possui uma carreira mais sólida no cinema e é muito competente em seus personagens. Eu poderia ficar horas listando qualidades e outros atores dos quais também sou fã, porém vou parando por aqui.

Louren Mayara - Jessica Lange
Quando falam em boas atrizes a nomes que não se podem esquecer, e para mim a Jessica Lange tá no topo dessa lista não só pelo histórico, mas principalmente pela evolução que ela teve a longe dos anos, e observando  seus últimos trabalhos é difícil achar alguém com uma personalidade tão forte pra alguns papéis como ela tem. Jessica Phyllis Lange, nasceu em 1949, começou sua carreira como modelo e iniciou sua vida de atriz no remake de King Kong em 1976 o que não lhe rendeu boas críticas, mas os trabalhos da Lange na década de 80 consagraram-na como atriz,  e em 1992 estreou também Broadway.

Lange já foi indicada a 84 prêmios venceu 34, inclusive 2 Oscar, em 2010 foi convidada para trabalhar em American Horror Story, que lhe rendeu dois Emmys como melhor atriz (Merecidíssimos), a série se encaminha para sua quarta temporada, e possivelmente o fim da carreira da Lange, que deixa uma carreira de altos e baixos, mas inegavelmente de muito sucesso, deixando todos os seus fãs sem sua “Supreme”.

Laohana Rodrigues - Neil Patrick Harris
É realmente muito difícil descrever em palavras um ator tão sensacional, um ser humano tão incrível e maravilhoso em tudo que faz com todos que faz. É assim que eu poderia resumidamente falar sobre Neil Patrick Harris.

Meu ator favorito da minha série favorita, quando iniciei How I Met Your Mother acreditei que Barney seria aquele clichê de canalha engraçadinho, mas com o desenvolver do personagem e passar do tempo pude descobrir que o personagem era muito mais que apenas isso e então fui atrás do ator que interpretava esse papel de forma incrível (sim, uso essa palavra diversas vezes para o Neil) e acabei descobrindo que além de tudo o ator era gay na vida real, foi aí que me apaixonei mais ainda por ele, pela sua capacidade de se adaptar e também pelo homem que ele é fora das telas, incrível como pai, como marido, como amigo e como ídolo.


VOCÊ POSSUI UMA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO? COMENTE
Siga nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO
Comentário(s)
0 Comentário(s)