Polêmica Da Vez - A Hora Certa de Acabar

Por Alvaro Luiz Matos

12 de agosto de 2015


Tem algo tão polêmico quanto a sua série favorita ser renovada mesmo que não tenha mais nada pra contar? Como se fosse aquele pneu careca recauchutado que guardamos apenas pra economizar. É praticamente impossível alguém não conhecer alguma série que já passou muito da hora e continua sendo renovada. Alguém consegue imaginar alguma?

Portanto colhemos diversas opiniões de nossos colaboradores para debatermos bem esse assunto.

HELENA SOUZA

Nenhuma emissora, nem ninguém sabe ao certo a hora de acabar com uma série. O púbico muda de gosto com facilidade, penso que decidir qual é a hora certa é algo muito complicado. Não há uma razão certa para uma série ser renovada, claro, a audiência tem que estar boa ou promissora, ou então o projeto que é apresentado para a série ao decorrer das temporadas seja tão bom que, não importa os números, os mandachuvas decidem dar mais uma chance a elas.

Mas há aquelas séries em que claramente o público não conseguia mais ver sentido em sua continuação, as em que o nome que pretendia construir era mais importante do que a história que se montava. Um exemplo atual? TVD. A série vem definhando desde o começo de sua quarta temporada, história confusa, mitologia que se contradiz. Já está fazendo hora extra. Série que passou da hora? O (que agora virou) clássico exemplo: Dexter. Liam-se aplausos em todos os lugares até a quarta temporada, e então, a morte da Rita foi considerada a morte da série, a partir daí foi comum ver fãs comentarem que a “série não está tão boa quanto antes”, Dexter saiu tanto de seu caminho que para mim se tornou a (mais desconexa e) pior finale que já assisti. Série que terminou na hora certa? Pode parecer que não tendo em vista os comentários semelhantes ao de Dexter, mas para mim foi Gossip Girl, essa foi aquela série que tinha que ser “esmiuçada” em suas histórias para eu ter a certeza de que fora concluída.
MARI BOMFIM

O momento mais difícil da série é quando ela acaba, é difícil para quem assiste, pros atores, pros escritores e diretores e também para o canal. Por isso muitas séries não acabam, os produtores percebem que a série está rendendo ($$) e prolongam as temporadas. Um exemplo disso é sem dúvida Supernatural. Eu amo essa série, mas todo mundo comenta, a 6ª e a 7ª temporadas foram horríveis... Depois as coisas foram se ajeitando e na 9ª as coisas estavam caminhando bem. Os próprios produtores disseram que por eles a série não terminava, mas cá entre nós é difícil manter uma série com o mesmo entusiasmo dos fãs.

Grey's Anatomy também já devia estar com seus dias contados, já foi o tempo de ouro de Shonda, mas mesmo assim a gente continua assistindo e chorando com os dramas do hospital mais badalado de Seattle. The OC terminou completamente diferente de como começou, mas finalmente teve seu fim.

Acho que a série mostra que acabou bem quando temos a sensação que a série deveria durar para sempre como, FRIENDS, CHUCK e How I met your mother. Ai, que saudade dessas séries! Eu não me canso de ver os episódios, mesmo que elas já tenham terminado.

CARISSA VIEIRA

Por mais apaixonada que eu seja por uma série, acho um problema quando ela é esticada, porque é inevitável a perda de qualidade. Muito me incomoda a renovação de seriados que obviamente não têm mais o que contar, mas continuam nas grades porque rendem dinheiro para as emissoras e os fãs, mesmo sabendo que a série não tem mais nada a oferecer, não conseguem abrir mão.

Entendo que as emissoras querem ganhar dinheiro, e alguns fãs sempre se manterão fiéis, não importando nada a não ser ver seus personagens favoritos toda semana. Enquanto isso uma infinidade de séries boas são canceladas antes da hora, sem o público ter ao menos um final decente, algo que sempre me irrita quando acontece. Sei que custa dinheiro escrever e gravar um episódio, mas se colocou a série no ar, pelo menos dá um final decente. Outro caso são as séries de TV aberta que como são mais longas do que as de TV a cabo acabam, geralmente, ficando com uma qualidade menor, por suas temporadas serem esticadas demais, fazendo com que os escritores fiquem enrolando a história. 

Admiro quando os criadores da série já definem desde o início quantas temporadas uma série vai ter, porque assim todo mundo sabe com o que está lidando. Pena que isso ainda acontece pouco.
ALVARO LUIZ MATOS

Toda série que passa da hora acaba desapontando no final (Essa é a sensação que tenho nos meus poucos anos como “especialista” em séries).

Do poucos finales que vi posso destacar séries muito bem planejadas que acabaram no auge e séries que perderam o tempo e entre desvios e renovações apresentaram um final no mínimo questionável e polêmico. Sei que não é todo mundo que conhece Spartacus, mas a série teve o anúncio de que seria renovada para a última temporada logo após um ano extremamente positivo pra produção. Dessa forma a história épica que continha início meio e fim não ganhou contornos de enrolação e terminou no auge.

Mas o mesmo eu não posso dizer sobre Dexter, que a duras penas e com aperto no coração se decaiu e se perdeu em algumas decisões. A série até aparentava criar um plot interessante ano após ano, mas a trama não rendia e a temporada acabava com a sensação de: “Renovem para a última, pelo amor de Deus”.

Mas o que faz disso um fato tão recorrente? Eu colocaria 70ou80% da culpa em acordos comerciais, a venda de transmissão a outros países a popularidade e a audiência cega e crescente. Dexter, por exemplo, continuou batendo seus próprios recordes mesmo em temporadas ruins e como cancelar a melhor audiência da grade do seu canal?


Vocês conhecem alguma série que já passou do tempo?
Que a renovação é meramente comercial e a qualidade já ficou pra traz?
Comentário(s)
0 Comentário(s)