Opinião - Mad Max Fury Road

Por Alvaro Luiz Matos

12 de agosto de 2015

O filme passou tão rápido que tenho a impressão de não ter piscado em nenhum momento, alucinante, envolvente e bizarro são os melhores adjetivos para tudo que foi visto nesse filme.

Que tal começarmos pelo adjetivo mais espetaculoso dos três? Que filme bizarro, mas não aquele bizarro constrangedor, pelo contrario, aquele que te enche os olhos, onde o cenário é maravilhoso, cada detalhe, cada personagem, cada ângulo de câmera escolhido, foi tudo absurdamente maravilhoso. Destaque para o guitarrista, para o gordo, para cada carinha pendurado em um pedaço de madeira (creio eu) indo de um lado para o outro e por ai vai, simplesmente maravilhoso.

Alucinante, pois cada batida, cada capotamento, cada destruição teve a veracidade do acontecimento, tudo aquilo foi real, nada de tela verde ao fundo, o caro capotou de verdade pra que a cena fosse gravada e capotou muito, o filme inteiro, todo momento, sempre mais e mais, fluido com maestria e inteligência.
E por fim envolvente, afinal eu não conhecia a história, não havia assistido os outros filmes e apertei play com a maior desconfiança do mundo. Fui pego de forma rápida, a todo instante eu me perguntava “que m$#%a é essa”, “Ca#@$HO” e de pouco em pouco os palavrões iam aumentando de tamanho e intensidade, sempre com um sorriso no rosto, afinal foi tudo muito bom.

Claro que não entendi qual é a do Mad Max, afinal ele ficou meio de terceiro plano no filme, fiquei até mesmo com a impressão de que ficou tudo meio aberto (no caso do personagem) para uma possível sequência. Porem pouco me importei com isso, pois no quesito entretenimento, não faltou nada.

Agora se você não está com coragem pra assistir? Não sabe o que esperar do filme? Você está perdendo tempo.


Assista o teaser do filme:
Comentário(s)
0 Comentário(s)