Dragon Ball Super – Opinião EP 01 a 05

Por Alvaro Luiz Matos

11 de agosto de 2015

SPOILERS ABAIXO

Quem não estava ansioso para o retorno de Dragon Ball? Um retorno de verdade, feito por quem conhece e deu início ao roteiro, feito sem levar em consideração o sofrível “GT” onde nosso herói virou criança em uma inacreditável homenagem sem sentido.

Eu estava pulando de emoção para reencontrar com o Goku e sua “turma”, e me deparei com um roteiro praticamente igual ao do filme que já contava a história sobre o “Deus da destruição”. Alguns podem criticar dizendo que não acompanhei o noticiário e não estava por dentro do assunto e eu confirmo que não mesmo, na verdade eu mal gosto de acompanhar noticiário, tiram, por muitas vezes, o tesão e o prazer de assistir algo.

Tirando esse impacto fui lá acompanhar os episódios. O primeiro, o segundo e o terceiro em tons bastante introdutórios, apresentando o vilão, reapresentando os personagens (muito deles já inutilizados para as batalhas) e deixando bem claro que a temporada vai mesmo aproveitar apenas alguns para a batalha. Até aqui tudo ok, três episódios, tudo sendo apresentado, é de se aceitar e ter calma, mas me deparo com o quarto e pior episódio até aqui. Cá entre nós, se você está animadinho com o aniversário da Bulma, com um Bingo e com um monte de personagem que ficaram paspalhões com o tempo, o problema é seu. Eu particularmente apertei o avançar e terminei o episódio em menos da metade do tempo.

Já o quinto tinha tudo para dar um pouco mais de animo ao episódio, e até deu, mas vejo potenciais demitidos na produção do desenho, afinal os traços do desenho beiraram a "ridicularidade", em um momento intenso e de lutas que foi que deixou o estagiário desenhar?

Mas meu parcial até aqui é bem simples. Sei que todos estão com saudades, que legal mostrar toda a turminha se reunindo, todos vivendo alegres e esquecendo que na terra não existe paz de verdade. Até aqui só o Vegeta e Goku se lembraram de que precisam treinar sempre?

A temporada até tem potencial, mas não vejo tempo hábil para o Goku alcançar os poderes de Bill, o que fará tudo muito questionável, afinal se tornar um Deus deveria ser algo tão bem elaborado quanto à primeira transformação de SSJ.

Aproveitei a nostalgia para baixar o Dragon Ball Kai que em alta qualidade refaz a temporada completa do Dragon Ball Z, afinal, se é pra matar saudade, que façamos direito. Certo?

Comentário(s)
0 Comentário(s)