Continuum - S4E01 - Lost Hours

Por Fabiano Oliveira

30 de agosto de 2015

SPOILERS ABAIXO:

É com muito prazer que digo que finalmente Continuum voltou.

Foram muitos meses de espera que fizeram com que a série quase caísse em um breve esquecimento, pois, de fato ela não arrasta tantos fãs como diversos hits que temos no ar atualmente, porém ela conta com uma história bem elaborada e boas interpretações que acabaram fazendo com que eu me rendesse imediatamente ao show.

Fico feliz por acompanhar este show desde seu início, foram boas surpresas ao longo destes anos e agora, em seu quarto e último ano a temporada mais do que nunca promete manter um clima eletrizante, sem deixar nenhuma ponta solta, finalizando a história com chave de ouro.

Após os acontecimentos da temporada passada o que vimos foi uma grande reviravolta em toda a história, criando um futuro inserto e mais devastador do que nunca. Kellogg com seu ar sínico e atitudes questionáveis parece ter se tornado o grande vilão da season finale. Tal acontecimento faz muito sentido dentro do universo que a série apresenta, pois desde o início ele foi o personagem mais ambicioso de todos. Enquanto a Liber8 lutava pelos ideais revolucionários, ideais muito questionados, mas que por fim começaram a fazer sentido; Kellog preocupava-se em criar fortunas e marcar sua permanência em nossa época de uma maneira mais egoísta.

Kellog ainda não tem noção da dimensão dos futuros acontecimentos, mas é inteligente e astuto, conseguiu entender que algo muito maior está por vir.

A premiere buscou manter por grande parte do tempo um ritmo constante, mas com um ar de suspense e incertezas, pois, com a não antes vista função do traje da Kiera de criar simulações enquanto seu cérebro encontra-se em estado de choque, ficou difícil saber o que realmente é real ou não.
Nestes momentos é possível ver a preocupação dos produtores de tornar tudo bem convincente, criando no seriado um jogo de grandes ilusões, deixando todos bem confusos e inteligente ao mesmo tempo. 

A ação ficou por conta dos soldados do futuro que ao contrario do que muitos pensavam, não vieram para ajudar Kiera, mas sim para mata-la. Vejam como tiveram a preocupação de inverter os valores neste episódio, os vilões tentando ser os "mocinhos" e os mocinhos os "vilões". 

Essa inversão e a corrida contra o tempo dos soldados do futuro promete trazer um ritmo acelerado a temporada e é bem possível que dentro de dois episódios Kiera e Carlos mostrem a eles a verdadeira face de Kellog.

Emily por sua vez apresentou uma sequência de luta de tirar o fôlego e nos lembrou que Continuum tem mais que uma boa história, tem qualidade final.

Agora que chegamos à reta final, será que Kiera retornará ao ano de 2077? E se sim, encontrará tudo como antes? Essas são perguntas que não se calarão até o último episódio.

Comentário(s)
0 Comentário(s)