Conheça: Greek

Por Laohana

6 de agosto de 2015

Um seriado no estilo de se levar para a vida. É assim que considero Greek mas sou bem suspeita para falar pois tenho um apego enorme pelo seriado.

Greek tem diversos pontos que a diferenciam de outros dramas teen que estamos acostumados. Começo citando as pitadas de humor colocadas de forma genial no roteiro, as lições de vida ensinadas a cada episódio,  e o maior ensinamento de todos: a forma de conviver com pessoas distintas à você.

Greek trouxe muito dessa convivência entre pessoas diferentes e a forma como elas se adaptavam a isso de uma forma espontânea, bem com o tempo.

Como prova de que isso era uma das coisas que eu mais adorava no seriado, minhas personagens prediletas eram Rebecca Logan (Dilshad Vadsaria) e Ashley Howard (Amber Stevens). Adoráveis em sua forma, cada uma acabou me conquistou ao longo do seriado. Ashleigh logo de cara, com seu carisma e seu bom humor. Rebecca por sua vez, me conquistou ao longo do tempo, mas bem pouco tempo, pois ela já inicia o seriado trazendo sua atitude de bad bitch, o que é algo que admiro por diversas vezes.

Fora os outros personagens que traziam todo esse contraste de personalidades tornando a série bem realista, fiel à vida real. Temos os membros cômicos da Kappa Tau, liderado por Cappie (Scott Michael Foster), Cappie era um líder incomum aos outros, um defensor fiel do Carpe Diem, acho que isso descreve muito do personagem né? E fora os plots engraçados e alguns românticos que ele protagoniza, que são sensacionais. Kappa Tau's esses que estavam sempre em conflito com os membros da Omega Chi, liderada por Evan Chambers (Jake McDorman) um playboy que busca conseguir tudo com o seu dinheiro mas ao longo do caminho ele percebe que não é possível comprar tudo que se quer. E aliás, os lideres dessas duas fraternidades estão em guerra constante devido um interesse romântico em comum, o que trás alguns enredos e rumos bem interessantes - e alguns até bem engraçados - para a a história (Por exemplo: Pensa em uma guerra de arminhas e acrescenta humor nela).

A única casa de irmandade principal é a Zeta Beta Zeta que tem dentre seus membros a politicamente correta e enjoada Casey e a megera  manipuladora e amazing Frannie, mas que com suas diferentes personalidades também ajudam a diferenciar bastante na história do seriado.

E fora do sistema grego, vez ou outra, Greek nos introduz um personagem importante para a história, como é o caso de Dale Kettlewell (Clark Duke), um personagem incomparável, é um nerd religioso que tem as atitudes mais radicais possíveis e imagináveis para um ser humano.

Cada personagem com uma personalidade diferente mas todos apaixonáveis em seu jeito.
Greek foca em uma tema completamente diferente e algo que eu gosto muito na cultura americana: o sistema grego de irmandades e fraternidades. Na época que eu descobri o seriado ainda não conhecia nenhum outro neste segmento e até hoje eu pesquiso sobre e nunca encontrou algum que esteja a altura ou trate sobre o assunto. E particularmente, eu acho que este foco no sistema grego acrescenta muito na história.

O seriado tem apenas quatro temporadas e a temporada final - infelizmente - com apenas 10 episódios, ocorrendo um quase cancelamento após o final da 3ª temporada, mas os produtores entraram em um acordo com a ABC Family para finalizar a história com uma quarta temporada. Temporada esta que veio a calhar, pois a 3ª temporada do seriado perdeu um pouco da identidade de Greek em seu desenvolvimento, o que foi quase fatal para o seu seriado, pois os fãs - incluindo eu - esperavam muito mais após duas incríveis temporadas com um super enredo. Na 4ª temporada eu pude ver que toda a identidade de Greek havia retornado e claro que o final foi super inesperado e triste, o que me fez sempre desejar que fosse considerada a possibilidade da produção de um filme para que pudessemos ver o que ocorreu após o final e qual o rumo que os personagens tomaram em suas vidas. Mas apesar de tudo, acredito que o seriado terminou em seu melhor momento, sem prolongamentos da história que poderiam ter feito os fãs desistirem do seriado ou até mesmo ter perdido a identidade do seriado completamente, tenho o episódio final em minha mente até hoje mas, apesar de tudo, sempre lembrarei da série com muito amor, ou talvez por causa de tudo.

Não posso confirmar mas tenho quase certeza que Greek é o estilo de seriado que você vai levar pro resto da vida, que vai recomendar pra cada pessoa que te pedir uma indicação de seriado para assistir pois é um drama teen que nos faz vivenciar diversas coisas: Amores e desamores, decepções, traições, fidelidade, muita amizade e o melhor é que é tudo feito de forma realista, então vai fazer você se identificar em diversos momentos com várias das situações apresentadas.

Eu poderia citar diversos motivos para você conhecer, assistir e acompanhar Greek, mas me convenci que após este texto nenhum deles seriam o suficiente para tratar com palavras o quanto incrível é este seriado e o quanto todo mundo deveria conhecer esta oitava maravilha do mundo.


Assista a promo da série:
Comentário(s)
0 Comentário(s)