Scandal - S04E18 - Honor Thy Father

Por Pâmela Albuquerque

9 de abril de 2015


SPOILERS ABAIXO:
Quem inventou o ditado "Uma andorinha só não faz verão" esqueceu de transmiti-lo ao David justiceiro Rosen. Ele acreditou mesmo que desta forma iria desmontar uma organização da magnitude do comando e tudo ficaria bem? Foram válidas as suas tentativas de reunir antigos membros para testemunhar contra o B613, mas ele realmente acha que o comando é coisa de tribunal? É ingenuidade demais para  mim. Nessas, alguém sempre acaba morrendo e, neste episódio, o que rolou foi uma verdadeira "queima de arquivo".

Nesta semana tivemos um episódio sem grandes acontecimentos, mas com algumas revelações interessantes e necessárias ao que está por vir. Mais uma vez Jake foi tido como vilão mau caráter da história, o assassino descompensado que quando o sangue sobe aos olhos vira uma máquina mortífera agindo de acordo com o que que lhe foi ensinado em treinamento. Apesar do grande trabalho dos roteiristas em nos fazer acreditar nisso, já era de se esperar que algo nesta história não se encaixava. Bom, pelo menos desta vez ele não foi torturado, não é? 
Por conta da futura candidatura, o passado de Mellie começa a aparecer e a sua má relação com a família, principalmente com sua irmã que faz sabonetes, veio à tona. Algo me diz que muitas coisas do passado da nossa first ladie preferida ainda irão aparecer para justificar o que ela é hoje. 

O Fitz está se saindo um grande amigo e colaborador nos planos da Mellie. Quem diria, não? Estou achando isso muito interessante. Quem não gostou muito foi o Cyrus, quis dar uma de mãe Dinah a respeito do futuro das relações entre o casal fachada mais importante do mundo e quebrou a cara. Adoro! 

Outra revelação, é que existem mais membros do B613 agindo entre o céu e a terra do que imaginam nossas vãs cabeças de espectadores.  
Depois da derrota do plano dos quatro mosqueteiros acima, foi no mínimo engraçado vê-los tristes e tomando café juntos. 

O poder de um bom roteiro é percebido justamente em situações como essa. Quando nos damos conta de que aqueles que consideramos os mocinhos da história são as mesmas criaturas que já fizeram coisas horríveis e sabem matar com a simplicidade de alguém que passa manteiga no pão numa manhã de sábado. Como disse Jake Ballard - vulgo "duro de matar" e que estava ótimo neste episódio - Eles ainda são os mocinhos, mas talvez não por muito tempo. O jogo continua.

Olivia continua trabalhando em seus casos. E uma coisa que eu tinha certeza, era que o bonitão do Papa Pope reapareceria em questão de tempo. Pois é, voltou. E pelo visto foi ele que contratou o homem do bar com quem a Liv tem dado umas voltinhas.
A promo do próximo episódio me deixou curiosa, vamos ver o que vai acontecer! Até a próxima semana com mais Scandal!

Siga nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista à promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)