Scandal - S04E15 - The Testimony of Diego Muñoz

Por Pâmela Albuquerque

17 de março de 2015

                                                                  SPOILERS ABAIXO:
Ninguém esperava que a senhora Muñoz finalmente acreditaria no Huck e faria algo com os arquivos roubados do B613 que ela tinha em mãos, o problema na verdade foi exatamente este, ela fez alguma coisa. Para quem não entendeu, o título do episódio desta semana não poderia ser mais auto-explicativo. Tudo faz sentido quando descobrimos que Diego Muñoz é nada mais nada menos que o Huck antes do B613.

Parecia brincadeira ver a antiga mulher do Huck com aquelas pastas e acreditando cegamente que David Rosen e a justiça americana eram maiores que tudo aquilo. Ledo engano. A cena do testemunho foi emocionante. Eu achava de verdade que o Huck ia fazer como foi combinado, diria que era tudo invenção de um soldado atordoado pela guerra, rompendo de vez suas relações com sua antiga família. Mas o lado humano do personagem, que imaginávamos nem existir, falou mais alto e descreveu ao longo de um texto magnífico a vida de um ser humano enclausurado em buraco escuro. A consequência disso? Alguém vai morrer. Ainda mais agora que o David afirmou que vai levar o caso adiante.
    
Susan Ross é a dona da risada mais bizarra dos Estados Unidos. Ela poderia ser qualquer mulher, porém ela é a futura vice-president e não pode se dar ao luxo de rir que nem um porquinho em um pronunciamento. Foi hilário! E o mais legal disso tudo foi a solução de tornar tudo uma piada mesmo, encaixando até uma entrevista com Jimmy Kimmel na série. 

Leo está de volta e foi contratado para fazer da Senhora que ri roncando uma vice aceitável. Convenhamos que seus métodos eram estúpidos e não adiantariam absolutamente nada. Para solucionar isso só Olivia Pope na causa.
 
E por falar em Olivia, ela está paranoica. Anda pela pela casa com um revólver na mão, porém está tentando trabalhar. Correu, ou melhor, mandou a Quinn e o Huck correrem atrás do corpo da senhora que era sua vizinha e foi morta no dia do sequestro. E também, a pedido da Abby, depois de relutar um pouco, resolveu a história da Susan Ross. Ainda disse o que Fitz teria que fazer para que tudo desse certo.

Sabemos que Scandal não é nem nunca vai ser uma série que apresenta sobretudo uma história de amor. Acredito que os casos amorosos de Olivia Pope são mais para mostrar que ela, além de ser uma mulher real e que resolve os problemas de todos, tem uma vida sexual. Mas este gato e rato de quatro temporadas entre ela e o Fitz já está me cansando um pouco, confesso.

Nesta semana tivemos um episódio na medida. Bem amarrado e com o ritmo muito bom, digno de Scandal. Vamos esperar pelo que vem por aí. Até semana que vem!


Siga nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista à promo do próximo episódio: 
Comentário(s)
0 Comentário(s)