Primeiras Impressões - The Casual Vacancy

Por Antonio Neto

22 de fevereiro de 2015



SPOILERS ABAIXO:
Há um certo tempo, a internet vibrou com o anúncio de que The Casual Vacancy (Morte Súbita, no Brasil) o primeiro livro lançado pela autora J.K. Rowling desde o fim de sua saga multimilionária Harry Potter, seria adaptado para as telinhas em uma parceria BBC/HBO. “Bem, aí vem coisa boa!” pensaram os seriadores de toda parte. Agora é finalmente chegada a hora da verdade.

A série conta a história de Pagford, um fictício vilarejo do interior da Inglaterra, palco de várias intrigas e disputas políticas depois que o conselheiro Barry Fairbrother (Rory Kinnear), morre subitamente deixando aberta uma vaga que pode mudar os destinos da cidade.

Se eu tivesse que descrever as tramas que de The Casual Vacancy apresenta em uma palavra, seria conflito. Pais em conflito com seus filhos, casamentos em conflito, pobres vs ricos... Os personagens viram-se contra si mesmos e suas vidas de cidade pequena completamente sem graça: todos os personagens tem algum motivo para chorar agarrados aos seus travesseiros à noite, a luz de todos eles era Barry Fairbrother que embora tenha morrido logo no início, irá mover muita coisa na história.
A trama é bem solta e tendo a liberdade de mover-se ao redor de si mesma mais como uma teia do que um traçado, um personagem leva ao outro e, juntos, carregam a história, desenvolve-se sem muita obrigação e em ocasiões, como um novelão, uma perspectiva interessante que pode ser tanto o salvador quanto vilão da série. O ritmo do roteiro é grudento e embora não apresente nada muito penetrante de cara, seu script de desenvolvimento lento acaba tendo seus momentos de imersão.

Nota: 07

OBS: A opinião aqui descrita baseou-se apenas na história apresentada pela série da BBC.


Assista a promo da série:
Comentário(s)
0 Comentário(s)