Scandal - S04E12 - Gladiators Don't Run

Por Pâmela Albuquerque

19 de fevereiro de 2015

SPOILERS ABAIXO
Mais um ótimo episódio! Já está ficando meio repetitivo eu afirmar isso por aqui, mas essa temporada está sensacional, de verdade. A corrida pela vida de Olivia Pope continua a todo vapor e essa semana podemos supor muitos novos rumos que a série poderá tomar daqui para frente. 

Pelo o que eu pude perceber, cada episódio desde que o sequestro começou possui um enfoque em algum personagem além da storyline principal, mostrando como cada um lida e sente a notícia de que a Liv está correndo perigo e pode morrer a qualquer momento. A escolhida desta semana foi Abby, ela reparou o sumiço da amiga que não retornava nenhuma de suas ligações e não compareceu ao ponto de encontro, foi ao apartamento de Olivia e só encontrou o símbolo emblemático da noite fatídica: A mancha de vinho no sofá. Depois de não conseguir se concentrar em nada e demonstrar isso na frente do presidente, ele resolve contar tudo a ela, que vai imediatamente tirar satisfações com David por não estar sabendo de nada. Adorei a briga de Abby e David, só mostrou o quanto ela ainda é leal a Olivia mesmo agora pertencendo à Casa Branca e não sendo mais uma gladiator. 

Toda esta situação com a Abby me deu um estalo... Meu deus! Pela primeira vez a OPA está fora da jogada, estamos na quarta temporada e número de gladiators só diminuiu, o Huck está mais doente e está claro que sem Olivia ela e a Quinn não vão muito longe. Foi bem triste lembrar das temporadas anteriores, da cumplicidade entre eles, e ver que agora está quase tudo acabado.

Enquanto a OPA se descabela e se despedaça cada vez mais para conseguir Olivia de volta, o trio Mellie, Fitz e Cyrus está mais unido do que nunca, cada um em busca de seus próprios objetivos, mas cooperando. A fase casal permissivo e que se ajuda de Mellie e Fitz também está bem interessante, foi linda a cena da varanda em cada um dizia o que mais queria na vida naquele momento.

Uma coisa que eu adoro em Scandal é o fato de conseguirmos ver somente o lado sentimental do presidente que faz de tudo para ter seu amor de volta. Mas olhando por outro lado e pensando racionalmente, ele não deixa de ser um vilão. Só está onde está por conta de uma fraude eleitoral no primeiro mandato, foi reeleito por conta de um golpe que matou seu próprio filho, é um homicida declarando uma guerra que provoca a morte de vários civis em prol de sua amante e pretende dar todo o dinheiro que puder para reaver Olivia. Mas ainda bem que é ficção e podemos deixar a moral de lado, não é mesmo? 
E começa o leilão mais sujo da história, só convidado quem é criminoso de alto escalão e oferece dinheiro pela ferramenta humana capaz de controlar o homem mais poderoso do mundo. A OPA, para conseguir entrar no esquema, conseguiu em Maya um nome terrorista em troca de uma televisão na prisão. Dei várias risadas com as intervenções do senhor David certinho Rosen. Porém, no fim nada adiantou, alguém deu um lance por fora e o leilão foi suspenso. Olivia Pope está morta, já afirma Huck com muita propriedade e num tom um tanto doentio. 
Estou encantada com a construção da personagem de Bellamy Young, para mim é uma das melhores da série. As nuances de Mellie Grant são espetaculares, ao mesmo tempo em que é ardilosa e monta várias armações em prol de si mesma, é humana, procura ajudar a quem precisa, seja a bitch Lizzie Bear ou as famílias de luto indo receber todos os caixões que chegam da guerra. 

Bom, como eu havia comentado antes, neste episódio podemos ver alguns possíveis rumos para a série, não só nesta temporada como nas próximas. Primeiro temos o desejo de Mellie Grant em ser presidente, isso ficou bem claro, fazendo até com que o Fitz desistisse de fazer algo contra seu vice que pudesse prejudicá-la e aproveitando para fazer mais uma critica, dentre as diversas que a série costuma apresentar, de que o quando se trata de  mulheres, o adultério toma dimensões mais graves e quase sempre inesquecíveis. Talvez será uma possível continuação? Uma vez que este será o último mandato permitido por lei do Fitz? 
Segundo, alguém fora do leilão possui Olivia, mas quem? Façam suas apostas! Eu voto ou no Papa Pope, ou em algum novo vilão que dará mais fôlego à trama.  

Bom, esperaremos pelos próximos episódios. Até semana que vem com mais Scandal! 




Siga nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista à promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)