Gotham - S01E11 Rogues' Gallery

Por Louren Mayara

10 de janeiro de 2015


SPOILERS ABAIXO:
Depois de um bom tempo de hiatos Gotham retornou com aquele típico episódio de volta, com as interligações habituais entre o plot anterior e o atual, para deixar o tempo bem as claras e nos conectar com a nova fase que a série começa a introduzir. 

O nosso querido Gordon tá comendo o pão que o diabo amassou com seu novo trabalho no Asilo, enquanto isso sua esposa Bárbara tá desfrutando de seu tempo livre, só lamento por essa situação. A trama semanal desse episódio girou em torno de incidentes que aconteceram no próprio asilo, causados por um "cientista", eu particularmente, rapidamente liguei algumas características e cheguei a conclusão, erroneamente, que esse tal vilão seria o Hugo Strange, que é um dos vilões mais antigos na história do Batman, e meio que fiquei surpresa pelo tal cientista se apresentar como Jack Gruber, que será focado nos próximos episódios. 

O plot focado no Asilo trás aspectos muito interessantes para a série, além de apresentar toda a singularidade de um lugar para loucos, descarrega um certo peso psicológico que faltava na trama, foi uma aposta arriscada, transferir Gordon para esse local, e que deu certo, tornou tudo novo e bem articulado, e com cenários que chamam atenção não só pelo visual. Ha ! Ia esquecendo de comentar que Harvey proporciona momentos muito cômicos quando está cheio de saudades do Gordon <3 (risos).
No núcleo "vilões" da série tivemos algumas cenas importantes e outras descartáveis. Por mais julgada que eu possa ser, gosto do desenvolvimento que estão mostrando da Cat, a personalidade dela nunca foi deixada de lado nos quadrinhos então acho importante não ser deixada de lado na série, como por exemplo a relação dela com a Ivy e com todos que ela julga precisar de ajuda.

O plano da Mooney de tomar o poder, deu um passo importante nesse episódio, além dela se mostrar ser alguém de "garra", ainda tem pessoas de confiança capaz de dar às costas a outros por ela. Gosto do que a personagem promete, e anseio pelo seu desenvolvimento, torcendo para ver o caos.

Em resumo, Gotham voltou e possivelmente corrigiu alguns erros, como por exemplo o foco em personagens vazios e aquelas introduções exageradas, minha torcida é que a série evolua e para isso teve tempo de enxergar os erros, enfim, que venham bons episódios nesse arco final.

Comentário(s)
0 Comentário(s)