The Walking Dead - S05E07/08 - Crossed/Coda

Por Mari

4 de dezembro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Acabou a primeira parte da quinta temporada de TWD, sim, foi rápido, passou voando, assim como esse ano! E o que dizer desses dois últimos episódios? Primeiro quero fazer um desabafo com vocês, eu sinceramente fiquei muito aliviada com essa quinta temporada, para mim, a série começou a entrar nos eixos. As coisas começaram a se fechar e rapidamente, sem muito suspense. Acho que o que mais atrapalhou as temporadas anteriores foi a mimimi e a espera interminável de lutar com o Governador ou chegar a Terminus.

Nessa temporada tudo aconteceu rapidamente e sem muito mimimi. Rick, sem dúvida, foi um personagem que melhorou muito. As figuras femininas também, para alívio geral, se tornaram mais fortes e independentes. Beth, aquela menina bobinha, inocente, que tentou se suicidar, foi ganhando aos poucos o público e em 3 episódios conquistou meu coração, imaginei um futuro brilhante para ela, mas... o futuro se torna incerto nos tempos apocalípticos.

Carol havia sido capturada pelos policiais e levada ao hospital onde Beth estava. O hospital, assim como a cadeia, Woodbury e Terminus parecem um oásis seguro, mas vivia apenas de aparência. Dawn, a chefe do lugar, não conseguia controlar a galera, que no fim, acabava fazendo o que queria fazer. Beth, foi firme e bateu o pé (apesar de achar a atriz meio sem interpretação) e se tornou uma faz tudo com privilégios.

Enquanto isso, Noah e Daryl, foram atrás de Rick para resgatá-las. Bolaram um plano: iriam trocar os policiais pelas garotas e tudo sairia bem. Sasha ainda abalada um pouco com a morte de Bob, se deixou levar por outro Bob e todo aquele plano foi por água abaixo. Mas Rick conseguiu retomar o controle da situação e mostrou que tem um motivo para ainda ser o líder desse grupo.
Na Igreja, o padre, que ficou trancafiado por muito tempo aos arredores dali, queria ver com os próprios olhos o que o mundo havia se tornado. Eu sinceramente, acharia digno ele morrer ali na Igreja e tal, mas por algum motivo ele foi salvo para os próximos episódios. O grupo Washington, DC, volta para a Igreja e todos vão para o hospital ver se podem ser uteis de alguma forma. Meggie felicíssima por saber que sua irmã está bem.

Porém, como todo episódio antes do hiatos, há uma reviravolta, e de uma forma que ninguém esperava, acontece um tiroteio e Beth cai no chão! Eu literalmente pulei quando aconteceu isso, imaginava tudo acontecendo, menos isso! O rosto da Carol e Daryl eram de cortar o coração. Todos muito abalados com a situação. Por fim, Meggie vê sua irmã saindo do hospital nos braços de Daryl. (Pra mim, a melhor atriz de toda a série é a Lauren Cohan).
Mais uma vez, nos despedimos de TWD e teremos que esperar até fevereiro para saber como acabará a quinta temporada. Sinceramente, torço para que continue boa e tenha um desfecho incrível. E vocês?

OBS: No finalzinho do episódio 8 (cenas pós-créditos), vemos novamente o Morgan (lembram dele?), será que teremos mais um personagem forte vindo por aí pra entrar no grupo de Rick?


Assista a promo do próximo episódio:

Comentário(s)
0 Comentário(s)