The Flash S01E09 - The Man in The Yellow Suit

Por Lorena Alvarenga

17 de dezembro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
*Antes de começar vou explicar o motivo de tanta demora na review, tive muitos problemas com notebook e internet durante os últimos dias. Só consegui assistir o episódio hoje (quarta) e por isso ainda estou tentando digerir as coisas, completamente maluca com tudo o que aconteceu.

Depois de toda a espera para o Crossover e de todas as expectativas mais que atendidas, o que podíamos esperar era um mid-season finale tão excepcional quanto a mistura Flash/Arrow, e  foi exatamente isso o que aconteceu. Não tivemos tanta ação, esse foi um episódio onde a emoção roubou as cenas, mas tudo novamente foi muito bem trabalhado, todas as cenas e diálogos conseguiram prender a atenção e até arrancar algumas lágrimas. A série segue no seu ritmo super intenso, apresentando mil coisas por episódio, com uma grande evolução. O grande destaque dos roteiristas nesse nono episódio foi ter conseguido dosar toda a história do Flash reverso com a quantidade certa de emoção, conseguindo inserir Firestorm de uma maneira espetacular e ainda acertar ao revelar os sentimentos de Barry por Iris nesse momento da série.
Em The Man in The Yellow Suit, como o próprio nome sugere, a história do Flash Reverso foi abordada, mas de uma forma diferente do que esperava. Sempre achei que com tão poucos episódios já começar a tocar na história do Flash reverso era muito arriscado, mas como o objetivo da série é a rapidez, a proposta dos roteiristas foi bem interessante. Não tivemos muitas respostas, na verdade, depois desse episódio as perguntas triplicaram. O episódio além de nos mostrar Barry tentando lutar com o Flash reverso, misturou flashbacks da noite da morte da mãe do Barry com todas as consequências desse acontecimento na vida dele, tornando tudo muito mais emocional e interessante. Barry sempre tentou descobrir o assassino da mãe, e sua vida acabou girando em torno disso, e a forma para mostrar isso no episódio foi bem escolhida.  As cenas do Barry com seu pai e com o Joe foram muito bem feitas, tiveram uma carga emocional enorme e uma ótima atuação do Grant.

Alguns pontos interessantes surgiram no episódio, como o fato do Flash reverso conhecer o Flash e ainda ter poupado Eddie, além das tecnologias do futuro do Dr. Wells, tudo isso indica viagem no tempo. E se quisermos mais um pouco de teoria, podemos considerar a que diz que o segundo velocista na noite em que a mãe do Barry foi morta é o Barry voltando do futuro tentando salvar a mãe. Claro que isso tudo é teoria, mas acho que ficou claro que a série vai mesmo abordar viagem no tempo. 
As cenas dos últimos segundos são sempre as mais surpreendentes, e Dr. Wells quase sempre aparece aprontando alguma coisa. Dessa vez o vimos com o traje amarelo e com a voz alterada, foi de tirar o fôlego. Mas continuo não apostando nele como Flash reverso, estão deixando tudo tão na cara, que espero realmente que não seja ele. Logicamente acho que ele está envolvido até o último fio de cabelo nessa história, mas minha aposta é no Eddie. Acho que o fato de gostar da Iris, ter sido poupado pelo Flash reverso e as perguntas dele para Joe, são mais que suspeitas.

E se não bastasse toda a carga emocional e Flash reverso, ainda colocaram o Firestorm tendo uma boa participação. Ronnie, que todo mundo já sabia, está vivo, apareceu e trouxe mais um ponto interessante para a história toda. Resolveram abordar a volta dele de uma forma interessante, com a medida certa de drama e acertando e muito ao fazer com que ele salvasse o Flash. A CW vem acertando muito nos efeitos especiais, mas colocar o cara pegando fogo e voando logo de cara foi sensacional.

E quanto a revelação dos sentimentos do Barry para a Iris, eu gostei. Não shippo os dois e não sei o motivo de sempre quererem colocar o herói com a garota mais sem sal (só Oliver se salvou), mas contar o que já era mais do que óbvio foi um avanço. Se o objetivo dos roteiristas é realmente desenvolver um romance entre os dois, é melhor que sigam por esse caminho.

P.s*: A série volta em Janeiro.



Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)