Scandal - S04E07 - Baby Made a Mess

Por Pâmela Albuquerque

10 de novembro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Estou há algum tempo pensando em como começar esse texto, ou melhor, por onde começar. É complicado encontrar palavras para falar de algo que me deixou muda. Esse episódio foi simplesmente demais! Aliás, não só esse como todo o resto da temporada tem sido muito legal. Minhas humildes e sinceras palmas para a Shonda Rhimes. É impressionante como ela consegue encaixar diversas discussões e referências em meio a história e seus personagens. Bom, mas vamos ao que interessa, pois essa semana tivemos muitos pontos altos, ou melhor, verdadeiros escândalos.

O ex da Abby, que a espancava, estava candidatando-se para o cargo do senado e sendo apoiado pelo presidente depois do vazamento do vídeo do bebezão idoso, vulgo ex-senador, rs. Não aguentei com a gargalhada do Cyrus para aquela cena ridícula. A reação da Abby foi a melhor possível quando encontrou o canalha, mas depois ficou tão nervosa que vomitou em seu próprio vestido. Adorei ela ligando para a Olivia que foi correndo levar dois vestidos para ela escolher e ajudar nessa situação terrível. Melhor ainda foi a Liv assumindo a campanha caída da outra candidata para que o Chipp não ganhasse a eleição, tudo isso a pedido de Abby.    

Sim, tivemos um "Extreme Makeover" episódio: Olivia Pope concerta candidata gongada. Foi genial, as soluções que ela deu foram só mais uma prova que não existem pessoas que cheguem aos seus pés. 

Esse papo de esperança entre Olivia e Fitz gerou um telefonema que só nos deu a certeza que a tal "esperança" só aumenta. Que bom. 
Olivia visitou também o presídio de segurança máxima. Daí você pensa: para ver o Jake, claro! Não. Ela foi ver Tom e tentar que ele mudasse sua versão, ela ainda acreditava que o Ballard era de fato inocente. Para mim foi um dos momentos mais bem escritos de toda a temporada até agora. O discurso do Tom, dizendo que era a primeira vez que ele a olhava de verdade, não o que podia atingí-la, e que agora entendia porque todos eram apaixonados por ela. Fitz, Jake, Papa Pope... Ela de fato tinha algo no olhar que movia a todos a sua volta e a comparou com Helena de Tróia, o rosto que lançou mil navios. Ela também não  tinha pai, seu pai era um deus. Ótima sacada! Sem contar o quanto ele disse que o Fitz precisava dela, e revelou que ele tentou suicídio enquanto ela estava lá brincando de lagoa azul. "Eu podia protegê-lo de todo o mundo, menos de você.". Porém, ao fim, sua versão continuou a mesma e pensamos que tudo ficaria como estava, mas não, para tudo existe um meio, ainda que imoral. Vale, lembrar que este encontro só deixou o Papa Pope mais furioso.
  
Outra surpresa foi Leo Bergen, primeiro dando em cima da Abby e depois a ajudando, sabotando o próprio patrão (Chipp). E David Rosen? Onde fica? espero que bem longe, afinal adorei esse casal logo de cara. 

Continuamos sem saber o porquê da empresa do marido da Cath estar atrás de Olivia. E pior, o cara ainda se matou quando a Quinn o procurou, está cada vez mais doido tudo isso.
Cyrus finalmente sacou que tem alguma coisa de errado com o boy e desconfia que ele pode estar trabalhando para Lizziebitch, vazando as informações confidenciais. O que ele não espera é que ela esteja usando a Mellie. As duas juntas? Já adorei. E sim, agora é oficial, Mellie Grant e toda sua ambição está de volta, atestado por ela mesma, rs.

Huck finalmente encontra o filho, que sabe quem ele é. O fato da criança ter rastreado o IP no jogo e chegado ao endereço da OPA mostrou que DNA nerd está no sangue.  
Gosto que Scandal sempre utiliza dois extremos que muitas vezes parecem pouco complexos para serem aplicados à situações reais: Ganhar e perder. Olivia, o governo Fitz, a OPA, dentre outros, estão sempre caminhado sobre essa linha tênue que divide vitória do fracasso. E quanto a isso, Papa Pope deixou bem  claro: Contra ele, Olivia não ganha. Será? Depois deste episódio em que ela utilizou os métodos poucos convencionais do pai (lê-se facadas), conseguiu arrancar a confissão de Tom, gravando-o denunciando o verdadeiro assassino de Jerry Jr. e mais um bando de gente, eu espero qualquer coisa. Não esperava isso dela, mas simplesmente adorei. A notícia de que Jake é inocente só me fez pensar o quanto Fitz é vulnerável e influenciável. 

Os "hi's" da ultima cena foram os mais tensos que já vi. estou doida para saber o que vem por aí. Até a próxima  semana com mais SCANDAL.

Siga nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook
                                                                                
                                                Assista à promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)