Homeland - S04E07 - Redux

Por Marcus Vinícius

16 de novembro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Ok, depois do episódio passado as coisas em Homeland começaram a esquentar, quer dizer: ferver literalmente! 

Bem, a busca por Saul é a maior preocupação de todos da CIA e para isso as negociações com Haqqani devem funcionar da maneira correta, mesmo que haja desentendimentos por parte da embaixada e como também por membros da própria CIA as coisas não vão se acertar tão cedo.

E quando você acha que as coisas não poderiam piorar, eis que tudo piora! Que a Carrie é bipolar todos nós sabemos, mas o problema não é esse mas sim o de membros da embaixada terem descoberto isso e usarem esse problema que ela tem como um fator determinante para eliminá-la temporariamente do controle da operação da CIA.

Quando invadiram discretamente o apartamento da Carrie para procurarem algo que pudesse ser usado contra ela eu pensei que fossem apenas denunciá-la, mas fabricar uma medicação falsa para que ela tenha efeitos colaterais substituindo o remédio que ela mais usa, aí sim foi jogo sujo.

Com tudo isso, vê-la paranoica novamente me deixou aflito, principalmente por não ser o momento ideal para essa sua crise forçada, e mesmo com a revelação de quem seria a tal enfermeira que forneceu os remédios para Aayan dar para o seu tio eu fiquei tenso com a maneira que ela acabou abordando aquela pobre funcionária. 

A paranoia da Carrie foi tão grande devido à medicação forte que foi substituída que nem o Quinn teve forças para pará-la, e mesmo intimidada por ele a Carrie não mediu esforços para machucá-lo. Não gosto de vê-la assim, principalmente quando ela se volta contra as pessoas que mais apoiam e se preocupam com ela.
Voltando a falar em relação ao Saul, eu acredito que as coisas não terminarão bem, Haqqani foi esperto nível master e com o Saul sendo prisioneiro dele e ficando sempre ao seu lado ninguém da CIA irá atacá-lo, mas por vezes eu tenho minhas dúvidas em relação à isso. E que situação constrangedora foi aquela em que o Saul teve que presenciar Haqqani transando com sua esposa? 

E quando você achava que a paranoia dela tinha atingido o limite, eis que eu quase tenho um enfarte quando me deparo com Carrie sendo levada até o "Brody", gente eu juro que por um momento eu realmente pensei que ele estivesse vivo,  quando ele apareceu me deu até uma nostalgia e vontade de que aquele momento seria real, assim como Carrie fomos enganados por alguns segundos. Mas agora falando sério, que reviravolta seria se ele estivesse vivo não é? #VoltaBrody rs.

Em geral o episódio se manteve constante e cheio de pontos importantes para os próximos episódios, curti demais e espero que continue até a Season Finale dessa maneira! Até a próxima review!


Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)