Arena de Séries - S01E01 - The Walking Dead Vs Z Nation

Por Fabiano Oliveira

18 de novembro de 2014


É com muito prazer que hoje estreamos a Arena de Séries, nossa nova coluna. Nesta primeira temporada teremos disputas semanais onde os pontos positivos e negativos dos seriados entrarão em conflito entre si. Serão batalhas sangrentas com apenas um vencedor. 

Aqui não terá demagogia, então a imparcialidade irá imperar sobre meus gostos pessoais. Tenha em mente que a popularidade da série não é a peça chave das batalhas, pois hoje temos diversos shows que ainda não caíram no gosto popular, mas contam com roteiro, atuações e histórias invejáveis.

"Meu nome é Fabiano Oliveira, e serei seu locutor durante essa temporada. Que o melhor vença!"
Regra fixa: As disputas sempre serão divididas em três rounds.

"Para a nossa primeira batalha, o Séries em Foco chama à #arena a equipe de Z Nation, a mais nova série de zumbis exibida pelo canal Syfy. A série já conta com uma segunda temporada garantida."

"Causando alvoroço e levantando poeira em nossa #arena entra a equipe de The Walking Dead, e vejam que incrível, não entram sozinhos, trazem consigo diversos zumbis acorrentados, será que eles estão tentando impressionar?"

Round one, fight!

Dinâmica das séries: Há pouco tempo atrás, mais precisamente em 2010 The Walking Dead nascia e teve um grande trabalho pela frente, abrir um mercado antes explorado somente nos cinemas (ao menos que eu me recorde). Os mais céticos diziam que o show não prestaria, no entanto, sem me aprofundar, ele chegou e conseguiu uma legião de fãs. Nunca me esquecerei da cena em que Rick acorda no hospital em um mundo pós apocalíptico, totalmente perdido e sozinho.

Ao longo dessas cinco temporadas tivemos altos e baixos, de fato, mais altos do que baixos, com grandes fechamentos de temporadas, “neste momento toda a equipe de The Walking Dead avança contra Z Nation, no entanto eles se mantêm estáticos no lugar.”, mas um plot deixou muito a desejar pela falta de agilidade. O sumiço de Sophia ficará marcado para sempre nas páginas negras da série. Foi uma metade de temporada cansativa, mas que ao menos rendeu bons momentos com Carl, Glenn, Maggie e até mesmo Shane. A fazenda que outrora pareceu ser um santuário de paz tornou-se uma verdadeira #arena de guerra com a invasão dos walkers. “Z Nation chora de medo avaliar os acontecimentos.”

Já Z Nation pegou o território todo preparado, sabe por onde andar e como investir. Os episódios, principalmente os primeiros, foram ágeis ao desenvolver a história, e um pouco cômicos,“pontos positivos para a série, que começa a investir contras os Walkers da AMC, ganhando assim mais território na nossa #arena”, mas em contrapartida eles foram pouco cativantes. No início deixou aquela sensação de vazio e, diversas vezes tive a certeza de que algo estava faltando. Somente após sete episódios exibidos que conseguiram criar expectativas relevantes e me conquistar. Ficou emocionante! Contudo, apesar de os roteiristas se arriscarem ao matar um dos personagens mais cativante desta primeira temporada, pecam ao não mostrar algo que realmente mude nosso conceito nessa história de zumbis comedores de gente e não me venha com a vacinha que permite que as pessoas andem entre os mortos sem chamar atenção, porque para mim isso não foi uma surpresa. 
Round two, fight!

Atuação e personagens: Z Nation tem boas atuações, personagens estruturados e alguns com charme, ou melhor tinha, pois eles acabaram morrendo. A prova de sua qualidade, na minha análise, dá-se ao fato de eu não a ter abandonado nos primeiros capítulos, mesmo quando achei que dali nada sairia. Reitero seu lado cômico, então, alguns momentos inacreditáveis (não de uma maneira positiva), não devem ser levados a sério e não desmerecem a série em nada. 
O show é uma boa opção para aqueles momentos em que você quer se distrair, sem ter que pensar demais. 

Do outro lado do ringue temos The Waking Dead que tem conduzido esses cinco anos de programa sem deixar a desejar, mesmo os personagens mais chatos atuaram, ou atuam com primor, são cativantes e envolventes. Essa é a típica série que queremos assistir no momento em que o episódio é exibido, não importa o sono, sua vida social ou qualquer outra coisa.

“Diante das reflexões e acontecimentos anteriores, Z Nation já detonou todos os Zumbis que a equipe The Walking Dead trouxeram até a #arena, no entanto sofreram perdas altíssimas em seu elenco principal, pois a equipe de Rick não está para brincadeira.“
Round three, fight!

Execução da ideia: Ver um mundo pós-apocalíptico é sucesso desde que o mundo é mundo e no que diz respeito a zumbis, as duas séries se saem muito bem. O perfil dos mortos-vivos são diferentes, enquanto os de The walking Dead são lentos, os de Z Nation correm, causando assim muito mais terror. Por outro lado à maquiagem e ousadia da primeira série citada são melhores. Em Z Nation utilizaram efeitos gráficos em algumas cenas, como a do bebê, criando um falso sentimento de terror no público. TWD desde o início se propôs a fazer tudo muito bem feito, não deixando brechas para questionamentos. 

O drama desenvolvido na AMC é mais arrebatador e, não é à toa que perpetua com sua gloria há muitos anos, alavancando os índices do canal.

Z Nation chegou com aquela formula conhecida, uma de sucesso, mas não trouxe nada além de entretenimento.

E são por estes e pelos diversos outros motivos citados no texto que The Walking Dead merece ganhar essa batalha e detonar os integrante de Z Nation. Não que ela também não seja boa, mas é preciso mais criatividade para conquistar um lugar realmente relevante nesse universo tão competitivo. Colocar um tom cômico no show e seguir pela linha trash não são suficientes para emplacar como um grande sucesso. 

“Com esse resultado, toda a equipe de The Walking Dead enlouquece em nossa #arena e é ovacionada por aplausos e gritos dos maníacos que lotam a casa. Na #arena apenas Ten Thousand continua de pé e aos gritos reconhece a vitória de The Walking Dead.”

"Que venham os próximos duelos e que eles sejam ainda mais sangrentos."

Se você quer ver a sua série preferida em nossa #ArenadeSéries, deixe suas sugestões nos comentários.


Comentário(s)
0 Comentário(s)