Marvel's Agents Of S.H.I.E.L.D. - S02E04 - Face My Enemie

Por Helena Souza

17 de outubro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Se eu pudesse resumir em apenas uma palavra esse episódio, sem sombra de dúvidas de que seria: May.

Se houvesse alguém que estava começando a se perguntar por onde andava a May cavalaria, certamente a pessoa voltou a ficar quieta. Ming-Na deu um show! Confesso que a promo não havia me deixado muito animada, estava esperando esse episódio como um outro qualquer, mas, olha, me surpreendeu. Já falei aqui o quanto a May foi incrível?

Se a principal do episódio foi a May, quem ocupou em segundo lugar a lista, sem dúvidas foi Fitz, que, finalmente, parece estar conseguindo superar seus próprios medos. Mesmo que ainda em baby steps. Mas antes, claro que aconteceu a "missão do episódio". A desse ocorreu após o aparecimento de um quadrado de uma igreja que tinha gravado atrás aqueles mesmos sinais que o Coulson passou a desenhar. E cada um dos dois citados, se destacou nas duas partes da missão.

May no campo e Fitz no avião. Nem precisava eu detalhar isso, não é? Já é algo meio implícito quando se fala neles.
Antes de eu comentar sobre o Fitz (como já disse e repeti até agora: May e Fitz nesse ep >>>> all, por isso focarei nos dois), quero apenas deixar por aqui minha posição sobre os ships relacionados com a Skye> fora Scoulson - que para mim é como se fosse o seu Sterek ou sua SwanQueen, você acha lindo, mas sabe que nunca vai acontecer-, o melhor é Skye e Hunter. Digo isso pelo motivo de que a personagem está se tornando daquele tipo que se ficar com alguém, ninguém pode reclamar falando que era inesperado, visto que algo no ar já tinha antes. Isso é bom, pelo menos as pessoas podem esquecer um pouco de SkyWard. Que espero não acontecer.

Não sei se alguém mais percebeu, mas, após enfrentar Ward e ajudar a equipe, a dificuldade de Fitz falar diminuiu, mas nem tanto sua auto-estima... Mesmo com "Simmons" encorajando-o a se socializar. Cheguei a sentir pena do rapaz. Mas claro que ele não ia ser esquecido por aí largado naquele avião. Hydra planejou um atentado contra essa parte da SHIELD, e iria dar certo se não fosse a inteligência de Fitz - esse é o momento em que fico com orgulho do gênio -. Uma lágrima de origem 0-8-4 apareceu em meu rosto quando vi ele se socializado com os rapazes.
E qual o motivo de esse episódio ter sido de May? A foto acima dá uma super dica. Sim. Não tivemos uma May, mas sim duas! Bom, não era bem assim, mas a sensação era a mesma! Como Coulson disse: "Não acredito que sou o único a ver isso". Para começo, foi incrível ver May nesse vestido prata, dançando, conversando e até mesmo dando gargalhadas! Não, não leram errado, foi isso mesmo que teve nesse episódio. Fiquei como Skye quando ouviu tudo isso. E a luta? Palmas para Ming-Na e para toda a produção, achei incrível. Foi de igual para igual.

Com base no episódio, fiquei com um pouco de medo com a tecnologia que a Hydra possui. SHIELD tem que se ficar mais alerta com o que a organização inimiga é capaz. Ainda mais ao assistir a promo do próximo episódio...

Que aliás, trás Adrianne Palicki como Mockingbird!

Siga Nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)