Homeland - S04E01/02 - The Drone Queen/ Trylon And Perisphere

Por Marcus Vinícius

11 de outubro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Homeland voltou em um estilo diferente e até mesmo ousado, toda a demora será que acabou valendo à pena?

Pensar em assistir Homeland e não ver o Brody é bem estranho, fiquei com muita raiva quando inventaram de matá-lo, mas no final dados os motivos e razões para esse acontecimento.Ver Carrie comandando uma operação no Paquistão me deixou muito orgulhoso dela, afinal não é toda vida que se tem a oportunidade de estar à frente de algo tão perigoso e importante.

O episódio foi duplo, mas vamos com calma e por partes para chegar a conclusão de como foi o retorno da série.
EPISÓDIO 1- THE DRONE QUEEN.

Tudo diferente, fora do lugar ou um passo à frente? Não consigo definir como eu acho que está o desenvolvimento da série, além também do destino dos personagens e se houve uma evolução considerável ou não.

A responsabilidade caiu para Carrie em uma missão bem arriscada que estava até indo bem no começo, porém nem tudo acabou ocorrendo da maneira que deveria. Agora liderando uma missão no Paquistão ela acaba errando em mandar drones para um local que estava acontecendo um casamento e sem dúvidas esse grande erro no ambiente de trabalho afetará de algum modo sua missão.

Outro fato que não se pode negar, é simplesmente a maneira de como Carrie reage a tudo isso, sinceramente me assusta um pouco a maneira que ela lidou com a morte do Sandy, mesmo sabendo que ele tinha esposa e filhos, além de também acreditar que a morte de inúmeros Paquistaneses foi apenas a consequência de um erro que quase nunca acontecem em suas missões. E não podemos esquecer que ainda tem a tal pessoa secreta informante que acabou passando uma última informação errada.

E não foi apenas a Carrie quem acabou mudando, Saul agora em uma companhia privada parece ter evoluído bastante, a única coisa que me deixa entediado é ele com sua mulher. É incrível como sempre os dois acabam entrando em contradição e acabam mais uma vez protagonizando uma das partes mais chatas do episódio (e olha que não é novidade!).

Vamos dar uma pausa e comentar sobre a cena do linchamento, gente o que foi aquilo? Achei a cena e a proposta bem feita, mas mesmo assim foi forte, principalmente se tratando de um destino bem cruel e injusto ao personagem. Ah, e sem dúvidas todo aquele momento acabou afetando psicologicamente o Quinn (desde já, shippando os dois!)

Sem dúvidas ainda haverá muita história com esse garoto que foi o único sobrevivente ao ataque errado a um casamento paquistão, além de é claro abordar sua relação com o seu "amigo" que supostamente pediu para alguém postar o seu vídeo no Youtube.
EPISÓDIO 2- TRYLON AND PERISPHERE

Nesse episódio foi incrível ver a maneira que a Carrie se sobressaiu perante sua filha ( acá, a cara do Brody). Vê-la dividida entre o seu trabalho e a maternidade foi algo bem adequado nessa temporada, afinal agora ela é mãe e querendo ou não deve exercer o seu devido papel. Porém não foi bem isso que esteve acontecendo por um bom tempo, sua irmã com toda a responsabilidade já era de se esperar, mas com a sua volta devido ao inquérito que foi aberto sobre a morte de Sandy, ela foi obrigada de certa forma em cuidar por pelo menos um dia de sua filha.

Já sabíamos desde o princípio que o fato dela ter um bebê mudariam em muitas coisas,  mas o que acabou me pegando de surpresa foi vê-la colocando sua bebê em baixo d'água na banheira, nossa que agonia hein? Sem dúvidas ela pode ter ficado mais responsável no seu trabalho, mas a sua doença fará dela uma mãe muito conturbada, por isso entendo um pouco os motivos dela querer voltar para a sua missão e deixar sua filha com sua irmã onde ela pode confiar e deixá-la temporariamente.

Continuando a falar da relação com sua filha que foi destaque nesse episódio, foi incrível a maneira que ela contou a história de onde o pai dela morava e também de como ela acabou sendo presa no gramado da casa dele, juro que nesse momento me veio uma nostalgia, mas ao mesmo tempo uma esperança de ver um recomeço para a série. E por fim, achei super triste a despedida dela com sua filha, poxa não rolou nem um abraço?! Mas vamos seguir em frente.

Uma coisa que tivemos no episódio e que me deixou curioso foi ver Carrie descobrindo coisas ocultas sobre as investigações no exterior através de um ex-agente que sabia demais e que se envolvia nas investigações de modo "inadequado" segundo o chefe da CIA, através de coisas obscuras que aconteciam e que acabou ficando na parte administrativa da companhia devido essa intromissão( Carrie cuidado hein?!).

Gostei do retorno da série, não foi O MELHOR, mas acabou sendo bem satisfatório ao meu ponto de vista. Sem dúvidas espero ansiosamente qual o rumo que a série vai tomar nos próximos episódios.

P.S: Pra quem não sabia o ator que interpretava o pai de Carrie faleceu um pouco antes de começarem as gravações dessa temporada, o que acabou sendo mencionado pela irmã dela. A dúvida que fica é qual o destino que darão ao personagem.

P.S- 2: Ainda bem que a esposa e filhos do Brody não apareceram mais, afinal quem é que aguentaria mais drama daquela família? HAHAHA

P.S- 3: Quinn por favor volte ao normal e não se deixe afetar pelos últimos acontecimentos!


Comentário(s)
0 Comentário(s)