Arrow - S03E02 - Sara

Por Lorena Alvarenga

19 de outubro de 2014


SPOILERS ABAIXO:
Depois de tudo que aconteceu no final do episódio passado era de se esperar que esse episódio fosse mais triste, sombrio, e foi exatamente o que aconteceu. Tanto Laurel quanto o Team Arrow passaram esse episódio procurando o assassino da Canário e tentando lidar com o luto.

Esse não foi o melhor episódio, mas até que foi bom. A verdade é que apesar do título, esse não foi um episódio totalmente dedicado a Sara. Apesar de toda a busca por vingança e o sofrimento, a morte dela não foi o que mais chamou atenção. E sim como Felicity e Laurel lidaram com tudo.
 Laurel que no primeiro episódio tinha voltado mais suportável, nesse segundo mesmo com todo o sofrimento, se mostrou uma mulher mais forte e pronta pra ir atrás do assassino da irmã. Eu não sei para vocês, mas pra mim a mudança da Laurel já é algo bem notável (e olha que tem muita coisa por vir ainda). E quanto a Felicity, mesmo não sendo tão próxima a Sara, ela foi quem se mostrou mais afetada e protagonizou uma das cenas mais fofas quando falou sobre sua admiração pela personagem. Não importa o episódio, ou o momento de Arrow, Felicity consegue sempre ser o destaque positivo, seja nos fazendo rir, seja nos emocionando.

O grande momento do episódio ficou com o flashback de Hong Kong que trouxe Tommy de volta, essa aparição do personagem foi um ponto super positivo. Confesso que até bateu uma saudadezinha. Esses momentos do passado do Oliver estão bem interessantes de se ver, trouxeram um novo ar aos flashbacks mostrados nas outras temporadas.
Se o episódio passado teve seus momentos finais eletrizantes, esse não poderia ficar atrás. Thea finalmente apareceu e em uma cena muito boa. A personagem vai voltar diferente e já pudemos ver um pouco dessa mudança. Aliás, todas as mulheres prometem uma participação grande essa temporada, gosto assim.

Quanto ao Oliver, ele passou o episódio todo mais frio e só mostrou seus verdadeiros sentimentos na cena com a Felicity. Eu sabia que ele deveria manter toda a pose de durão já que tem que liderar,mas ver ele revelando seus sentimentos pra Felicity foi o ponto alto do personagem no episódio.
Mesmo não tendo sido um episódio espetacular, esse segundo episódio serviu para mostrar o quão boa essa temporada promete ser.

P.s*: Diggle mais uma vez sendo fofo, colocar o nome da filha de Sara foi uma ideia bem legal.

P.s**: Ray Palmer conquistando território...

P.s***: Elenco feminino aos poucos aprendendo a lutar.

P.s****: Felicity chorando é de partir o coração.

P.s*****: Coitado do detetive quando souber da morte da Sara.

Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)