TRUE BLOOD - S07E10 - THANK YOU (SERIES FINALE)

Por Marcus Vinícius

2 de setembro de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Acabou! Estou aqui mais uma vez escrevendo o Series finale de outra série que sempre acompanhei, mesmo tendo os seus altos e baixos True Blood com certeza deixará saudades.

Depois de Bill ter se recusado em tomar a cura, já estava mais que óbvio que ele acabaria morrendo, mesmo sendo um dos meus personagens favoritos eu acabei aceitando desde o episódio que ele recusou a cura que ele de fato estaria destinado a morrer.

Em geral o episódio todo só serviu mesmo para montar o casamento de Jessica e Hoyt, não que eu tivesse achado ruim, mas foi um destaque de tamanho desnecessário. Acredito que poderiam ter colocado o casamento no final com a passagem de tempo. Gostei de ver os dois casando, finalmente Jessica conseguiu ter o seu final feliz ao lado de seu primeiro e esquecido amor. O mais legal de tudo foi ver que ela deu um passo em sua relação para agradar ao Bill em vê-la de fato casar-se e ser feliz antes dele partir dessa para uma pior.
Apesar de todo aquele sentimento de morte do Bill, ele pedir pra Sookie matá-lo foi trágico demais principalmente por ele ser o verdadeiro amor da vida dela. Juro que nesse momento eu fiquei com muita pena da coitada, não bastava ver o Bill morrendo ainda teria que maté-lo, poxa hein. Tenho que admitir que sempre gostei deles dois como um casal, e até o final as minhas esperanças

E sobre o final? Então, fiquei com medo dos rumos que a série acabou tomando, não foi o final mais satisfatório do mundo, mas também não acredito que tenha sido o pior. Series Finale sempre acaba causando confusão e desentendimentos aos fãs de uma determinada série e com True Blood não poderia ter sido diferente.

Eric e Pam acabaram protagonizando as cenas mais toscas, pelo menos eles não acabaram morrendo em meios a tantas mortes nessa última temporada. Eles divulgando a nova bebida que acabaria virando sensação no mundo vampiresco foi bem engraçado (e vergonhoso, rs), ainda bem que não deram uma morte à Sarah e que ela teve o que merece, nesse caso, o sofrimento eterno.
Ver todos sentados à mesa em um churrasco com cara de domingo foi um pouco clichê, porém ver que muitos deles acabaram terminando felizes compensou um pouco mais. Jason mudou da água pro vinho, nunca me passou pela cabeça que ele terminaria casado e com vários filhos. Por outro lado, foi legal ver a Arlene com seu companheiro e seus filhos já bem crescidos, além de é claro a família Bellefleur toda reunida também. 

Também tivemos Lafayette com a namorado, Lettie Mae toda feliz, e Jessica e Hoyt como o novo casal da cidade. Porém Sookie não terminou sozinha como muitas pessoas acreditaram que essa fosse uma possibilidade que seria trazida à tona, o que me deixou com raiva mesmo foi não mostrar o rosto do atual marido dela, poxa então pra quê mataram o Alcide (sem graça)? E porque também mataram o Bill? Isso foi o que me deixou indignado com esse final.
Por fim venho aqui dizer que mesmo que o final não tenha me agradado cem por cento, é indispensável dizer que True Blood tenha sido uma série ruim. Apesar de muitas vezes existir o sexo apelativo e toda aquela sedução entre vampiros e humanos, a série sempre vai ser uma das minha queridinhas. Afinal, como não cantar o tema de abertura? Como também não amar e odiar tanto os personagens? E por último questionar acontecimentos que não nos agradam? Sim, acredito que todos nós tivemos algum momento em que pensamos sobre isso e hoje entendemos( ou não) o final que lhe foi dado.

R.I.P TRUE BLOOD: 7 de Setembro de 2008- 24 de Agosto de 2014.

GOOD BYE SUCK! 

P.S: Obrigado à todos que acompanharam minhas reviews e tiveram paciência para concluir a série! :)


Assista a promo do Series Finale:
      
Comentário(s)
0 Comentário(s)