SCORPION - S01E01 - PILOT (SEASON PREMIERE)

Por Alvaro Luiz Matos

24 de setembro de 2014


SPOILERS ABAIXO:
Em momento nenhum me interessei por assistir mais um procedural. Ainda mais com nerds, mas como a fall season só está começando eu tinha um tempinho sobrando e acabei assistindo por causa da sempre encantadora Katharine McPhee. Por fim acabei sentindo a sensação de que eu me arrependeria muito se não tivesse assistido esse piloto.

Minha fall season voltou agora e já assisti o retorno de TBBT e não curti, assisti Gothan e achei legalzinho e sem nada demais, apenas o envoltório melhor do que alguns procedurais, vi o retorno de The Blacklist e achei que ele me decepcionou um pouco. Portanto acredite se quiser, nesse curto retorno o melhor episódio que assisti foi de Scorpion.

Primeiro que aquela sensação de agilidade, de informação atrás de informação acaba sendo muito agradável, a série pegou alguns estereótipos que usualmente são colocados como protagonistas de alguns procedurais de forma separada, e resolveu junta-los. Um exemplo disso: O “gênio” em psicologia acabou sendo mais interessante que temporadas completas de “The Mentalist”, Walter o gênio dos gênios demonstrou certo ar dramático e um bom alivio cômico, assim como o matemático que promete ser engraçadíssimo, e por fim a gênia em mecânica é quase um(a) MacGyver.
E ai vem uma pessoa de fora, uma civil comum, de fibra, de personalidade e linda, com um filho que até então achava ser deficiente e entra pra equipe deixando-os mais próximo da realidade. Por falar em seu filho, é um dos melhores plots criados pelo pilot da série já que da pouco de drama a história.

Minha preocupação fica exatamente no fato de se tratar de um procedural, quero assistir mais um ou dois episódios para ver como eles vão assentar as coisas, estrutura a equipe, e estabilizar a série, pois só depois disso da para diagnosticar se o formato da série vai comportar bons episódios, além de ter uma ideia do tipo de “missões” eles terão semanalmente.

Fora isso o plantel de personagens pode ser muito favorável para a qualidade da série, pois abordar de forma profunda cada um deles, puxando o lado dramático da série à tona, pode ajudar a nos envolver mais com a série, e criar aquele tipo de carisma que pode nos prender a ela.

Em um balanço geral, foi a série que mais me animou nessa nova fall season.


ASSISTA A PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Comentário(s)
0 Comentário(s)