MARVEL'S AGENTS OF S.H.I.E.L.D. - S02E01 - SHADOWS (SEASON PREMIERE)

Por Helena Souza

25 de setembro de 2014

 SPOILERS ABAIXO:
Esse é o momento em que todos fazemos uma roda, damos as mãos e agradecemos pela volta da série que participa do seleto grupo de "Melhores Estreias da Fall 2013". A falta que senti dessa série ainda está para ser mensurada. Confesso que ainda estou um pouco impressionada com o episódio, e olha que eu realmente estava ansiosa pela volta, então pode considerar que minhas expectativas estavam um pouco acima que o normal...

SHIELD não ficou abaixo delas, na verdade, durante seus 42 minutos de duração não me fez ficar com outro pensamento a não ser com o de "O QUE VAI ACONTECER AGORA?!" a cada cena que passava. Logo no início fomos brindados com um pedacinho do que poderá ser a nova série do mundo Marvel: Marvel's Agent Carter, ou simplesmente, Agent Carter. Sim, SHIELD começou com flashback de 1945! E nele já fomos introduzidos ao primeiro 0-8-4 encontrado e talvez até mesmo a um Kree! Só resta saber em qual das duas séries esse último será considerado - mesmo levando e conta que pode ser o mesmo que Coulson encontrou na temporada passada.
Mas ok, voltemos para o presente. Coulson e seu time ainda estão escondidos no playground, buscando agentes que ainda estão dispostos a trabalharem na S.H.I.E.L.D., se mantendo a salvo do governo que ainda pretende aniquilá-los e buscando maneiras para deter a Hydra, que, apesar do governo dizer que não, ainda existe. E qual é a minha felicidade ao ver que Lucy Lawless (a eterna Xena, ou a eterna Lucretia, como preferirem) aparece logo no primeiro episódio? Ela é Izzy - Agente Hartley também serve - e se juntou com mais dois mercenários de sua confiança para ajudar Coulson nessa jornada de tentar reorganizar a S.H.I.E.L.D.

De tanta coisa interessante mostrada no episódio, não sei bem direito sobre o que falar agora. Falo sobre o Ward? Fitz-Simmons? 0-8-4? Coulson como diretor da Organização? Homem-Absorvente?

Vou começar a falar sobre o mais novo vilão todo malvadão (alguém lembra do ator como Ennis em Teen Wolf?), mas que quebra o clima quando é dito Homem-Absorvente. Mas não vamos descreditar, já que ele é o primeiro da série com reais poderes. Não esqueci da Lorelei, mas convenhamos que ela foi mais mundo Thor do que realmente um caso da Organização. Como o codinome já indica, ele tem o poder de absorver qualquer matéria e alterar seu corpo para ficar como o que ele encostou. Já deu para perceber que é uma dor de cabeça considerável tanto para S.H.I.E.L.D. como para o governo, visto que o vilão está a serviço da Hydra. Com uma postura mais firme, Coulson começou a perceber que ser diretor de uma Organização - mesmo aparentemente destruída - não é nada fácil, ele tem se distanciado de seus companheiros e tomado decisões difíceis, além de claramente estar quase em exaustão. Uma parte minha sonha para que algum dos próximos filmes da Marvel, ele ainda esteja como diretor da S.H.I.E.LD., gostaria de ver mais cena dele com o Capitão América, impossível não querer isso depois da cena (de Os Vingadores) em que Coulson conversa pela primeira vez com ele, mas como isso até agora não vai ser possível - não há confirmações de aparição dele em filmes desse universo -, eu me contentaria com alguma menção (eu me ajoelhando e implorando para a Marvel).

Preciso citar sobre o 0-8-4 para chegar em uma das partes que eu mais gostei de ver, não que eu não tenha gostado de ver do que esse objeto não identificado era capaz, ao contrário, eu fiquei super curiosa! Logo no começo, mostrou o que ele fez com alguns homens da Hydra, mas ver ele em ação e com uma personagem que eu esperava muito ver, me fez ficar totalmente ansiosa para descobrir mais sobre ele!

É que foi em busca desse 0-8-4 que pude ver uma parceria tão boa quanto May e Maria Hill: May e Skye. Sério, estou começando a achar que a May é o Hugh Grant das cenas de ação/espionagem! Não tem quem não tenha química com essa mulher! Agora pensem, uma 0-8-4 treinada pela May, determinada após uma traição horrível e guiada por Coulson... Skye tem chances imensuráveis de ser a melhor personagem dessa série! (Não se sinta ameaçada, May, ninguém tira seu posto).

É depois dessa imagem que começo a falar sobre o lado sentimental do episódio. Ward e Fitz-Simmons. Para decidir sobre quem falarei primeiro, fiz uma escala de personagens que, no momento, são descartáveis para mim para personagens que morro de tanto amar. Claro que Ward veio primeiro. Depois do ser desprezível que se mostrou na primeira temporada, ele obviamente foi preso e está sob os cuidados o time do Coulson. Os quatro meses enclausurado estavam nítidos em seu rosto magro e barba por fazer (não de um jeito bonito), somente houve uma cena com ele, mas foi suficiente para ter vontade de passar o braço nos ombros da Skye e falar com orgulho "Essa é a minha garota!". Não podemos saber quando que ele estará mentindo ou não, apesar de que, para mim, nada do que ele falar poderá ser digno de confiança, por mínima que seja.

Se você não quiser ler spoiler explícito, peço que se dirija para o próximo parágrafo, sem ler mais nada deste, pois, o que vou dizer é muito triste. Desde no começo do episódio fiquei contente e achei uma graça ver Fitz se recuperando da tragédia que o >>> Ward <<< proporcionou a ambos, e também em como Simmons estava paciente com Fitz, querendo ajudar e ver ele melhor. Sim, meus feels Fitz-Simmons bateram recorde de nível alto. Pensei "ah, Fitz está mal, mas com a ajuda dela, ele vai conseguir superar seus obstáculos", ainda mais depois do discurso que ele fez sobre como estar ao lado dela o ajudava. Os produtores gostariam de ver nós humildes shippadores felizes? Não, claro que não. Estava tudo muito lindo para ser verdade. Logo no final do episódio foi mostrado que tudo não passava de uma alucinação de Fitz, pois Simmons havia partido, Coulson disse que ela achou que ao fazer isso estaria ajudando. NÃO, NÃO ESTÁ! Trate de voltar logo senhorita Simmons, Shield sem Fitz-Simmons não é Shield, pois é quase (se não for realmente) unanimidade que esse é o ship oficial do fandom. Que morte horrível esse plot do Fitz nada bem.

Spoiler explícito chegou ao fim, assim como essa review, mas antes, quero fazer algumas considerações. Primeiro, quero obrigar novas aparições de Lawless, não importa o "como", mas quero mais dela, não acho justo tanto burburinho para apenas isso! Segundo, quero saber logo a origem desse primeiro 0-8-4. Terceiro, o que o Ward sabe sobre o pai da Skye? E quando ele vai soltar algo? E por último, como que o Dr. Whitehall está com a mesma cara de 70 anos atrás?!

Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. me dá a sensação de que posso depositar altas expectativas sem ter medo de quebrar a cara. E é isso que faço. Com base na primeira temporada e no leque que esse 2x01 abriu, só digo uma coisa: não acho que meu coração aguentará até o final ♥

Siga Nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista a promo do próximo episódio:

Comentário(s)
0 Comentário(s)