(REMEMBER) BURN NOTICE – S07E13: RECKONING (SERIES FINALE)

Por Alvaro Luiz Matos

3 de agosto de 2014


SPOILERS ABAIXO:
Alguns episódios ficam em nossa cabeça, marcam e deixam aquele gostinho de quero mais. Essa sensação é tão boa que convidamos vocês a relembrar com a gente.

A primeira importante resposta foi dada nos momentos iniciais, Michael seria mesmo um traidor? Pode parecer obvia a resposta, mas garanto que você também chegou a ter suas duvidas.

Burn Notice é uma série que sempre girou em torno do rabo, criando sempre alguém superior a alguém e desenvolvendo uma lista interminável de vilões. Porem nunca vi esse fato como um defeito já que a cada temporada a série criava motivos plausíveis para seguir em frente, até o momento que decidiram que seria a hora de terminar. Decisão que não me agradou de início, pois Burn Notice tinha muita lenha para queimar, mas aceitei a proposta de terminar com alto nível.

Um último episódio tenso era tudo que precisávamos para despedir da série em grande estilo. Michael esgotou suas opções quando traiu ambas as instituições que se propôs a fazer parte, dessa forma sua escapatória seria a sempre confiável parceria com seus amigos (e família), partindo assim para a fuga mais alucinante de toda a série.
Porem o episódio não se destacou apenas pela grande quantidade de ação, tivemos a oportunidade de acompanhar muitos diálogos embargados de emoção. Para isso algumas vidas tiveram que ser sacrificadas, talvez a vida que menos esperávamos, mas esse se tornou o maior acerto do roteiro naquele momento do episódio. Mike perdeu sua mãe por um grande erro, um erro que por parte da temporada eu cheguei a apoiar e acreditar que era o caminho correto.

Quando ouvi boatos sobre um spin-off de Burn Notice com Jesse e Sam eu não liguei a fato algum, apenas me perguntei como seria os dois sozinhos. Quando James apertou o botão acabei ligando o fato de Michael e Fiona não fazerem mais parte da equipe por estarem mortos.
O roteiro foi muito inteligente em nos fazer crer que ambos tivessem morrido, e deu o tom correto a todas as cenas a seguir, fazendo com que a angustia se tornasse o sentimento comum entre nós fãs. O final com Jesse e Sam pode indicar uma continuação do Spin-off tanto comentado, mas o que ficara em nossas memórias será a imagem de toda a equipe.

Um último comentário? “Meu nome é Michael Westen...” estará na memória das melhores tardes que passeia acompanhando todas as primeiras temporadas, e ainda mais na memória de quem procurava naquele momento algo leve, divertido e que me fizesse esquecer os problemas. Marcou para mim por motivos pessoais, mas marcou para todos nós pela qualidade e pelo bom roteiro.


Assista a promo da SEASON FINALE:
Comentário(s)
0 Comentário(s)