TRUE BLOOD - S07E04 - DEATH IS NOT THE END

Por Marcus Vinícius

19 de julho de 2014

                                                         
                                                          SPOILERS ABAIXO:
A morte realmente não é o fim como o diz o nome do episódio. True Blood nos apresentou um episódio bem considerável em relação ao outros já exibidos, com um toque de nostalgia, drama e comédia que vem sendo implementado nessa temporada a série fez questão de mostrar coisas que sempre nos perguntamos, mas nunca de fato fomos atrás de saber.

Voltando para o tema de morte, achei super válido e confesso que me surpreendi ao ver o Hoyt aparecendo novamente. Eu particularmente achava que ele e a Jessica faziam o casal perfeito mesmo com os altos e baixos, como também de sua insuportável mãe agora morta. Até mesmo o pai do Alcide me surpreendeu ter aparecido. A cena de início nos traz aquele sentimento de: " Quem será que vai morrer ainda na série?!". Sim, de fato eu achei bem feita com um bom toque de drama, principalmente pelo Jason e Sookie terem que ligar para os familiares dos personagens informando a tão temida notícia.

Saindo um pouco do drama pós-mortes, o mais engraçado e curioso foi a maneira que a Ginger foi introduzida no meio de Eric e Pam, eu sempre me perguntava o porque eles acabavam poupando-a desde o início da série e como True Blood parece estar interessada em finalizar todos os plots e curiosidades acredito que boa parte dos fãs da série se interessaram ao ver toda essa estória.
Ginger de uma forma carismática e com seus gritos irritantes fazem dela uma personagem querida, mesmo não tendo muito destaque, adorei o desenvolvimento dos flashback's. O que mais achei legal disso tudo foi ver a Pam contando ao Eric que quem na verdade tinha dado o nome tão famoso para o bar deles dois tinha sido a Ginger e não ela, isso sem dúvidas pegou o Eric de surpresa nesse papo tão nostálgico. Uma coisa que me deixa intrigado é: Onde está Ginger?

Simplesmente curti demais terem mostrado Sookie visitando as crianças da Arlene (afinal como eu falei anteriormente TB não deixa pontas soltas), o mais legal de tudo foi ver que elas não são mais tão pequeninas assim. O que me deixou apreensivo mesmo foi ver Arlene entre a vida e a morte, afinal em quase todos os episódios exibidos nessa temporada as personagens parte do elenco regular estão morrendo, ainda bem que com a Arlene foi diferente.

Sinceramente com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo em apenas um episódio, acredito que o plot da Jessica preocupada com sua relação perante ao James ficou muito sem destaque e até mesmo desnecessária. Lafayette tá muito perdido na série, e estão tentando empurra-lo de qualquer forma para ser o melhor amigo da Jessica e afim do James? Não sei, mas se tem alguém que não está trazendo mudança nenhuma na série essa pessoa é ele.
Pam e Eric estão roubando a cena nessa temporada final, espero que a série siga nesse ritmo bem agradável como foi nesse episódio. A boa notícia é o fim dos vampiros infectados, o que será que vai acontecer daqui pra frente? Será que eles vão conseguir encontrar uma cura para o Eric? A curiosidade aumenta no decorrer que a série vai acabando, agora é só esperar por respostas nos próximos episódios!

Até a próxima review!

Observações:
1- Achei muito tosco o Terry ter aparecido para tentar levar a Arlene para o "outro lado", talvez seja uma desculpa para uma participação especial.
2- Fiquei tenso com o duelo que ocorreu no bar, achei que "cabeças iriam rolar!"
3- Adeus Fangtasia! :(
4- Achei de partir o coração Sookie ver o Eric infectado.
5- É impressão minha ou a trama está desenvolvendo algo para a Sookie terminar com o Bill?!
6- Sam já pode morrer por favor (junto com a Nicole, claro)!!
7- Ainda bem que a Jessica acabou se alimentando.

                                              Por: Marcus Vinícius

Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)