TRUE BLOOD - S07E02 - I FOUND YOU

Por Marcus Vinícius

5 de julho de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Bem, estou eu aqui de volta (novamente) para escrever as reviews de True Blood nessa última temporada da série. Ansiedade define o que eu estou sentindo, mas o que me preocupa mesmo é se a série vai conseguir dar contar e encerrar sua trama com um final digno.

Primeiramente, não posso começar a review antes de mencionar aquela cena do começo do episódio, gente o que foi aquilo? rs. Se tinha algo que muitos atores queriam eram algum tipo de cena gay, e defato tivemos, mas eu não conseguiria imaginar Eric e Jason (daí, lembrei que o Jason bebeu o sangue do Eric na última temporada, e como é de costume e todos nós sabemos que sempre que isso acontece ele acaba tendo sonhos eróticos com o vampiro que lhe deu sangue), apesar de ter sido um mero sonho de Jason aquela cena toda entra como um dos momentos WTF e sexy em True Blood.
Depois dos grandes acontecimentos do episódio passado (e a morte inesperada da Tara, será mesmo?!), vimos que Sookie e cia que estavam atrás de pessoas vivas nas cidades próximas a Bon Temps, mas a procura por pistas, e de onde estariam os vampiros infectados foi fracassada. O que eu mais acabei gostando em toda essa procura foi ver Sookie lendo o diário de uma mulher que lembrava muito ela mesma nas primeiras temporadas, e com direito a vários flashbacks entre ela e o Bill foi a melhor coisa que poderia acontecer no momento, até porque eu não suporto ela com o Alcide.

Mostrar a mãe da Tara dependente do sangue de vampiros foi outra coisa bem diferente e até mesmo um pouco engraçada( principalmente por ela ser louca, e estar transtornada pela morte da filha), principalmente por ela ser capaz de queimar a própria mão para conseguir pelo menos um pouco de sangue para suprir a necessidade que ela tinha. Estou achando até um pouco estranho pela Lettie Mae estar tendo bons momentos em destaque, acredito que ainda vai acontecer muita coisa coisa com ela, é esperar pra ver.

O plot de Arlene e Holly é tão estranho para mim, primeiramente que elas nunca tiveram tanto destaque na série, mas o destaque que elas estão tendo pra mim é algo meio drama/comédia. Sim, me referi a isso porque por mais que pareça que elas vão morrer ou algo do tipo, sempre me parece ser algo engraçado( tanto das personagens, como também das situações). Depois de uma tentativa frustrada de fugirem de lá com a a ajuda da professora de infância delas, acredito que elas acharão sim uma maneira de fugir (não me importo nem um pouco com a Nicole, é esse o nome dela né?).
Raiva define o que eu senti depois que a Pam encontrou o Eric infectado, depois de tanto tempo para esperar que os dois acabassem se encontrando novamente isso realmente me pegou de surpresa. Espero mesmo que encontrem uma maneira de achar algum tipo de cura, nem que para isso precisem matar a Sookie( brincadeira! rs). Agradeci que eles dois acabaram se encontrando, mesmo que em uma situação ruim, aquele jogo de "esconde-esconde" teve um fim, e agora é a hora de se juntarem para garantir a sobrevivência um do outro.

Bem, o episódio terminou e acredito que ainda falta alguma coisa, não que esteja ruim, mas faltam apenas oito episódios para o fim e  creio que a estória esteja se desenvolvendo muito lentamente. Espero que a Adilyn consiga sair logo da prisão, que os vampiros acabem logo com os humanos (o plot mais chato dessa temporada), e que a Sookie use seus poderes e que seja para algo útil.

Observações:
1- Estou ansioso para ver a Jessica e o Andy se juntarem para salvarem Adilyn.
2- Sookie se decida logo! Esses flashback's sem dúvidas mexeram demais com a cabeça dela.
3- Desde de sempre shippando Sookie e Bill.
4- A minha reação ao ver o Eric infectado foi a mesma da Pam.
5- Que cena mais tosca foi a que a mãe da Tara encontra ela devido aos efeitos do V?! rs.

Até a próxima review! Comentem! :)
                                           Por: Marcus Vinícius


Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)