(REMEMBER) THE MENTALIST - S06E08: RED JOHN

Por Dana Rodrigues

25 de julho de 2014

 SPOILERS ABAIXO:
Pra muitos esse é considerado o final de The Mentalist, a resposta foi dada, quem era RED JOHN e como essa batalha acabou?. Venha recordar com a gente.

Sei que venho utilizando essa palavra sempre em minhas reviews, mas ela nunca foi tão necessária: FINALMENTE.

Sim, amigos seriadores, agora sabemos quem é o Red John. São muitas emoções resumidas em um episódio só que na minha humilde opinião, deixou um pouco a desejar. Não sei se é pelo fato de termos esperado tanto tempo para descobrir essa informação ou se pela identidade do serial killer mais procurado da série. Como me fizeram o favor de mandar spoiler inbox revelando que Sheriff McAllister era Red John, eu já estava sabendo antes de ver o episódio (mas confesso que mentalmente desejando que o episódio que vazou e consequentemente que a informação fosse falsa). Vi comentários que o episódio que termina a saga de RJ foi PÉSSIMO (para não dizer exatamente as palavras), mas não concordo totalmente e vou dizer o porquê. Nesse episódio marcando o final da saga tivemos ação, alguns truques de Jane e mesmo que dissolvida, a CBI unida. Isso para mim tornou o episódio razoável. Assim como algumas pessoas, eu esperava um pouco mais não somente deste capítulo, mas da série em si. O sentimento que ficou na minha cabeça durante meu tempo assistindo “Red John” foi que: se fosse para ser dessa forma, então deveriam ter revelado Red John muito antes.  

A minha decepção gira em torno de todo “lenga-lenga” (enrolação) para revelar a identidade do assassino da carinha vermelha, isto ser revelado neste episódio e ter este desfecho. Acho que com o tempo tudo ficou desgastado e a série foi ficando repetitiva. Vocês vão me condenar se eu disser que os episódios anteriores foram melhores do que este? Eu não fiquei com toda aquela adrenalina que achei que iria ficar. Não me entendam mal, como disse lá em cima, não achei o episódio péssimo, achei somente normal.
Uma das coisas que mais gostei foi o fato da equipe da CBI estar sempre junta e ajudando Jane frente à Abbot e sua equipe do FBI. Me deparei com lembranças boas de todas as aventuras (tá, essa palavra ficou parecendo com aquelas da Sessão da Tarde) deles durante essas seis temporadas. Adorei a parte em que eles questionam o envolvimento de Abbot e CIA na Blake Association. Também gostei muito da conversa de Jane com Lisbon, senti a emoção dos dois e como Jisbon assumida achei que ia rolar um beijinho ali no parque. (Detalhe para a cena que Abbot faz menção a Jane e Lisbon como namorados e ela nega. Meu coração partiu ali.)

Quem apostou em Sheriff McAllister como Red John? Acho que a minoria hahaahha Vou ser bem sincera ao ponto de dizer que esperava um flashback explicando a relação entre Jane e McAllister para deixar bem mais claro do porquê o Sheriff ser o Red John. Eu não sei se é pelo fato de ser seriadora level HARD e ver muitas séries (talvez esquecendo algum detalhe), mas para mim ele ser o RJ foi além de totalmente inesperado, um pouco decepcionante e sem nexo (por isso a cobrança de um flashback para termos um total DESFECHO na saga). Eu talvez teria aceitado melhor isso se, como eu já falei, RJ tivesse sido revelado antes e se também a cada episódio tivéssemos alguma pista concreta de sua identidade. O diálogo entre os dois foi interessante, mas eu esperava mais. Pelo menos tivemos a resposta de como ele escapou da bomba e que ele É a Blake Association.  Eu nem ia falar da cena do pombo porque achei totalmente WTF?!. Como assim Jane tira um pombo de dentro do paletó? (voltei a cena para ver se foi isso mesmo). Ele não tinha sido revistado entes de entrar na igreja? (isso poderia ser explicado por suas habilidades de “mentalista”, mas sinceramente não dá pra “engolir”).
Não achava que Red John iria acabar implorando por sua vida, o imaginei sendo sarcástico até o fim, sem medo da morte, tipo alguns filmes/séries que já vi, sabe? E embora não esperasse que em condições normais Jane não mataria alguém, suspeitava que ele não teria misericórdia para o homem que matou sua mulher e filha sem piedade e diz que sente muito sem muita sinceridade. (Destaco o ponto de encontro ser o cemitério onde a família de Jane está enterrada).

E encerrando esta review gostaria de deixar claro que torço para que a série seja renovada e tenha um novo rumo, pois além de Jane ser um dos meus personagens favoritos e de querer ver Jisbon, acho que “The Mentalist” é uma série divertida de assistir. Gostaria de pedir desculpas se esqueci de comentar algo do episódio (façam o favor de lembrar nos comentários) e também de agradecer a todos que lêem e comentam nas minhas reviews. Saibam que isso me deixa extremamente feliz.

E aí, gostaram de saber que o Sheriff era Red John? Curtiram o episódio e o final dessa saga de seis temporadas? COMENTEM!

Adeus CBI, adeus RJ. Agora é conferir os próximos episódios e ver como a série estará após o término dessa saga. Confiram a promo estendida de "My Blue Haven".



Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)