GRACELAND - S02E01 - THE LINE

Por Lorena Alvarenga

17 de junho de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Depois de meses de espera e muita curiosidade para a continuação da história, Graceland está de volta pra sua segunda temporada, com um episódio com gostinho de piloto. Isso mesmo, apesar de não ser exatamente igual ao primeiro episódio, lembrou em alguns aspectos.

O episódio começou mostrando duas semanas antes da primeira cena mostrada, a cena de tortura.  O pessoal de Graceland trabalhando em um de seus casos e Mike em Washington D.C. trabalhando como assistente de diretor do FBI. Conhecemos rapidamente a nova vida e trabalho de Mike e vimos que aparentemente todos saíram ganhando, já que Mike conseguiu o emprego que ele queria e os agentes continuaram com sua vida em Graceland. Só aparentemente mesmo, porque Mike se mostrou um tento insatisfeito com a falta de emoção do novo trabalho.
Essa parte do episódio meio que lembrar os primeiros episódios da temporada anterior é muito normal, já que a temporada passada terminou com Mike conseguindo o seu cargo de assistente de diretor e os roteiristas precisavam arrumar um motivo pra colocar ele de volta em Graceland. Eu gostei, achei bem interessante ele voltar pra recuperar um pouco da sua moral com os novos colegas de trabalho, reviver um pouco da adrenalina de trabalhar disfarçado, pegar o Cartel Caza, rever os antigos colegas e surfar, tudo em um combo. 

 E foi aí que o episódio começou a ter graça, depois de ficar fora por um tempo Mike parecia com aquele agente desconhecido que chegou na casa para se adaptar e conhecer todo mundo, tudo bem que ao final do episódio a sintonia dele com o pessoal já tinha melhorado, mas falta muito pra chegar no mesmo nível de antes. E vai ser bem interessante ver essa reconstrução de intimidade ser trabalhada ao longo dos episódios.
Ao mesmo tempo em que esse episódio remeteu aos anteriores, uma nova história foi criada. Fomos introduzidos ao um novo caso e mudanças aconteceram na casa mais movimentada da Califórnia, Mike virou o “chefe” dos agentes e essa história ainda promete render.

Não foi o melhor episódio de todos, afinal depois de tantos meses eu esperava algo bombástico, mas foi um começo. Os roteiristas criaram uma história que tem tudo pra render uma temporada incrível, com a mesma fórmula que deu tão certo na primeira temporada.

P.s*: Charlie ao contrário do que fez parecer para o Mike não se convenceu da história do Briggs, isso ainda vai longe...

P.s**: Paul Briggs voltou ainda mais lindo.

P.s***: Já quero Mike dando um pé na bunda da namoradinha nova, ficando com a Paige e voltando de vez para Graceland, porque lá sim é o lugar dele.

P.s****: Bom ver que a série continua com o mesmo ritmo, o episódio passou voando mas deu pra matar um pouco das saudades.

E vocês gostaram do episódio? Me contem.


Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)