THE BLACKLIST - S01E22 - BERLIN: CONCLUSION

Por Lorena Alvarenga

15 de maio de 2014

SPOILERS ABAIXO:
Muitas perguntas, poucas respostas e uma sensação de que poderia ter sido melhor, esse foi o último episódio da temporada de The Blacklist.

Depois de uma temporada muito boa, episódios convincentes e a atuação sempre impecável de James Spader, tudo o que precisávamos era de um final espetacular (que não aconteceu). Nada que comprometa uma temporada inteira, mas fica aquela pequena decepção por ter sido apresentado pouco.

Esse episódio começou dando continuação ao da semana passada, a busca por Berlin foi o alvo do episódio e só fomos apresentados a ele mais para o final. Aliás, o ator que interpreta o personagem foi uma grata surpresa, já que ele interpretou John Abruzzi em Prison Break (amo). Berlin não foi pego, não explicou o motivo de tanto ódio por Red e nos deixou com essa pulga atrás da orelha até a volta da série. Não que eu já não tenha umas teorias malucas sobre o motivo, mas ficou faltando uma resposta. 
A história do que fizeram com a filha dele e de como ele escapou da prisão é bem bizarra e triste, se ele tivesse tido tempo pra nos convencer de tanta dor e ódio teria sido mais natural. Mas os roteiristas resolveram estender a história, correr com o episódio e levar tudo para segunda temporada, porque mesmo com dois episódios achei o tempo bem mal aproveitado.

Na busca por Berlin Meera foi assassinada em uma cena com quase nenhuma emoção, sou a pessoa que mais se emociona e essa cena não me causou nada, talvez seja porque a personagem tenha sido mal aproveitada durante toda a temporada, ou porque a cena foi sem graça mesmo, mas eu não senti nadinha. E nem acho que a série perdeu com a morte, tanto que quando Harold foi atacado eu achei que iriam fazer um combo e nos livrar dele também. Mas ele escapou do ataque e mesmo cheio de aparelhos provavelmente se recuperará e na segunda temporada deve voltar para ocupar novamente seu posto.
As melhores cenas do episódio COMO SEMPRE, ficaram por conta de Red que escapou da prisão (com a ajuda do tal grupo que só foi muito rapidamente mencionado no episódio), deu uns tiros e ainda emocionou nas cenas com Liz. E por falar em Liz, ela teve seu embate com Tom, atirou no safado (que em minha opinião não morreu, mesmo tendo levado muitos tiros) e terminou a temporada quase vingada.

Todas as cenas do Red falando com a Liz foram ótimas, nessas partes sim eu me emocionei. A nossa pergunta desde o primeiro episódio foi mais ou menos respondida (porque até falarem claramente podemos ter dúvidas) e apesar de meio obvio eu gostei. Ao contrário de muita gente, sempre torci e pensei no Red como pai da Liz. A última cena foi maravilhosa, mesmo com todas as suspeitas e a conversa dele com a Liz, achei que o episódio não poderia mais me surpreender e BUM.


P.s*: A cena do Red com o cachorrinho foi ótima!

P.s**: Ressler na versão 2.0 é bem melhor.

P.s***: Ótima sacada do Aram, por causa disso descobriram sobre Berlin.

P.s****: Vocês imaginam o motivo de Berlin ter tanto ódio de Red?? Me contem




Assista a promo do episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)