CHICAGO FIRE – S02E21 E 22 – ONE MORE SHOT – REAL NEVER WAITS (SEASON FINALE)

Por Eliane Silva

16 de maio de 2014


SPOILERS ABAIXO:


Começo essa review usando a palavra, ‘FANTÁSTICO', Chicago Fire voltou nessa temporada para confirmar o sucesso ocorrido na primeira temporada. Depois de um crossover emocionante, os produtores nos deram um penúltimo episódio tranquilo, nos preparando para o que seria um final incrivelmente maravilhoso. Se nós usamos lenços no #onechicago, nesse conseguimos ficar desidratados com tantas lágrimas derramadas. Uma final de temporada digna de Chicago Fire e da forma como Dick Wolf gosta, emocionante, intrigante e maravilhosa.


Foi um episódio calmo, comparado com o emocionante episódio do crossover da semana passada quebrando ritmo da história, nos fazendo respirar com mais tranquilidade.  Esse episódio foi um preparativo para o que seria o final da temporada.  Em "One More Shot" focamos na nova tentativa do teste de bombeiros que Gaby está fazendo, na tentativa do pedido de casamento que Casey não consegue fazer, ou do próprio Boden, que pede Donna em casamento, recebe não como resposta, mas tem uma reviravolta no final

Um episódio intenso com as cenas de resgates que sempre são executadas com perfeição, mas que não nos abalou tanto quanto os últimos apresentados. Conhecemos um novo integrante do grupamento 51 que entrou no lugar de Clark (confesso que ainda não estou aceitando bem a saída dele), mas a presença do novo bombeiro Rick Newhouse não foi bem aceito por Hermman, mas agradou aos demais.

Tivemos a volta de Davon com a explicação mais tosca sobre o roubo e seu desaparecimento, tivemos Casey comprando uma aliança de casamento para Gaby e, Boden se entendendo com Danna pedindo-a em casamento na frente de toda turma de alunos.

No final One More Shot foi um episódio tranquilo e nos preparou para o final e só posso dizer que amei. Foi fantástico!

Real Never Waits (Season Finale), conseguiu me fazer chorar de tanta emoção.  Não tenho como expressar minha emoção ao assistir o final dessa temporada, eu fiquei na frente do note com as mãos na boca dizendo “não” isso não pode ter acontecido. Que final emocionante, aliás, todo episódio foi emocionante.

Esse episódio foi gerido em cima de drama, tensão, ação e tudo no tempo certo, nada exagerado e por isso funcionou perfeitamente bem. Dick Wolf conseguiu mais uma vez tornar essa season finale épica. Chicago Fire teve episódios incríveis nessa temporada e se houve dois ou três episódios que ficou médio, nada disso pode fazer essa temporada ser ruim e no geral não decepcionou porque é muito difícil a série conseguir nos decepcionar. A season finale prometeu e cumpriu. Aplausos para seu criador. Chicago Fire arrasou!

Desde o primeiro chamado do grupamento 51 a tensão e emoção tomou conta da cena, um incêndio em uma escola com os bombeiros correndo contra ao tempo para salvar as crianças e professores presos no prédio. A tensão aumenta quando Chefe Boden chama Severide e Mills pelo rádio e ambos não respondem, enquanto o tempo passa e, no final ambos saem carregando uma criança nos braços.  

A emoção continua quando no dia seguinte eles retornam ao prédio para fazer um rescaldo e para tristeza de Severide, o novato Rick encontra uma criança que ficou presa, com queimaduras severas. Severide carrega a criança nos braços e sente-se culpado por ter deixado alguém pra trás. Os momentos que sucederam tudo após essa criança ser encontrada fez com que Severide sofresse e a dor que ele sentiu, fez qualquer um que tivesse assistindo sofrer também. Taylor Kinney arrasou mais uma vez, não teve quem não tivesse chorado com sua dor e, não teve também quem não desse um grito de “é isso aí” quando ele dá um chega pra lá em Davon, amei tudo o que ele falou pra ela.  

O casamento do Chefe Boden foi lindo e emocionante também e mais emocionante ainda foi Casey pedindo Dawson em casamento. Foi lindo! Pena que ela não teve tempo de dar a resposta, pois eles foram chamados para mais um resgate.

E esse resgate, o que Dick Wolf aprontou com seus fãs! O desespero de Boden gritando “Report! Report!” para sua equipe que entrou no prédio e o mesmo explodiu na frente dele. Sinceramente fiquei chocada com a cena. Não vou acreditar que Dick Wolf tenha nos deixado com essa dor e esse sofrimento no final da temporada.

Por tudo isso essa season finale foi perfeita, todos os momentos, todas as situações, todos os efeitos pirotécnicos, todos do elenco de apoio, tudo ficou perfeito. Se Chicago Fire ainda estava engatinhando provando porque é uma das séries de maior sucesso da NBC agora com certeza ela se consagrou. 

Palavra para esse episódio: Emocionante.

Obs1: Não poderia deixar de citar o ultimo crossover com Chicago PD. Mouch e a policial Platt se conhecendo, foi inesperado. Lindsay e Severide juntos deixando claro que esse romance ainda vai rolar na próxima temporada.


Obs2: Dawson passou no exame é uma bombeira, e mesmo Casey interferindo conseguindo outro grupamento, ela decidiu aceitar ficar naquele onde já esta sendo rejeitada antes de entrar. Vou sentir saudade dela no resgate junto com Shay.
 
Siga Nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Veja promo desse episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)