VIKINGS - S02E07 - BLOOD EAGLE

Por Helena Souza

13 de abril de 2014

SPOILERS ABAIXO:

Para quem esperava por grandes cenas devido a promo mostrada no episódio passado, apenas há insatisfação por ter sido um pouco parado. Não que há reclamações. Impossível (até o momento) reclamar de Vikings. Mas eu mesma confesso que, normalmente um episódio dessa série passa para mim como se durasse somente vinte minutos, e, desta vez, durou os quarenta e cinco.

Geralmente deixo para falar algo de Athelstan no final da review, mas, desta vez, farei o contrário. Não houve muitas cenas com o Priest, mas certamente aconteceu coisas a nível plot twist em Wessex. Nós vimos Athelstan gritando a favor da Inglaterra quando uma visita do rei chega. Quem? Rei Aelle. Sim, lembra-se dele? O rei de Northumbria, local que Ragnar invadiu na season 01. Ambos temem um novo ataque do viking (e com razão) e decidem se aliar, fazendo isto da maneira mais conhecida, casamento arranjado. Agora deve-se esperar pela chegada do vikings, o que não deve demorar. Falando em casamento, Floki teve um grande destaque neste episódio, e foi em pontos diferentes.


Um deles foi o casamento. Achei muito (lindo) interessante este. Gosto quando é mostrado um pouco mais da cultura viking além do campo de batalha. Por que houve o casamento? Bom...

"Floki, o carpinteiro. Floki, o pescador. Floki, o pai." Isso mesmo, Floki vai ser pai. Mas aparentemente ele não ficou muito contente com isto, logo em seguida começou a surgir indícios de futura traição da parte dele. Traição com o Ragnar, claro. Penso que ele finalmente começou a ver como não era estimado na altura que deveria ser pelo Ragnar e levou isto em consideração. Afinal, que homem quer que o filho cresça assistindo ele não ter o devido valor reconhecido? Floki é o braço direito de Ragnar, ele o apoia em todas as decisões. A loucura de explorar o ocidente na primeira temporada? Floki além de apoiar, construiu os navios! Mas há o lado em que traição não condiz com a essência do personagem. Floki é fiel em seus costumes, suas crenças e seus amigos. Não consigo montar um cenário mental em que ele trai Ragnar.

Quando é dita a palavra traição nesta série, impossível não lembrar de Rollo. Lembro que na review anterior eu disse que estava demorando para Siggy se mostrar duas caras, parece que fui atendida e neste sétimo episódio, a cunhada de Ragnar começou a mostrar para o que veio. Mas acredito que não durará muito, visto que Ragnar observava cada movimento de todos no jantar festivo que houve. Ela contou a verdade para Rollo e deixou plantada uma sementa da dúvida na cabeça dele. Por favor Rollo! Ele disse que queria ser sábio, este é mais um teste para ver se está conseguindo.

A "surpresa previsível" veio por conta de Lagertha (o que não poderia ser menos). Ela definitivamente conquistou o respeito e a submissão dos moradores da vila de seu antigo marido e, após um acesso de ira que resultou na morte dele pelas mãos da shieldmaiden, ela se tornou a nova Earl. Através de um codinome, Lagertha ofereceu ajuda para Ragnar quanto as futuras invasões na Inglaterra. Após a surpresa, não é de se duvidar de que ele aceitou a ajuda. Tornando assim, Ragnar, rei Horik e Lagertha iguais.


Fazer com que todos estejam no mesmo patamar de poder não fez com que o rei Horik cumprisse o que disse para o irmão, Jarl Borg, de o libertar. Eu que disse na review anterior sobre algo ter acontecido, me enganei, conhecemos sim como é o processo Blood Eagle. É de um nível absurdo de tortura, nem mesmo os mais corajosos de Kattegat olharam sem demonstrar alguma expressão, a não ser Lagertha, mas ela é um caso especial. Primeiro conhecemos por meio de palavras de Ragnar para o filho Bjorn, que havia perguntado, e ao final, com a prática. Foi esta cena que quase aplaudi em pé. A fotografia está impecável, do tipo que faz a reputação desta série ser tão alta. Ragnar disse para o filho que, para garantir a entrada em Valhala, o guerreiro não deverá gritar durante o procedimento, caso grite, os portões do lugar serão fechados para ele. Pelo que foi mostrado, Ragnar um dia irá encontrar seu inimigo no grande salão de Asgard.

Assista a promo do próximo episódio:

Comentário(s)
0 Comentário(s)