GAME OF THRONES - S04E01 / 02 – TWO SWORDS / THE LION AND THE ROSE

Por Thamara Ribeiro

22 de abril de 2014


SPOILERS ABAIXO: 
Já podemos agradecer a todos os deuses pelo retorno de Game of Thrones!

Olá amigos adoradores dessa obra prima de George Martin vamos logo falar de coisa boa. O que acharam desse início de temporada um tanto morna (para variar) da série? Leia-se “morna” nos moldes de GOT com muita morte e conversas venenosas que adoramos!
Um hiato para explicar o “para variar”. Porque é início de temporada e as coisas sempre começam calmas a fim de situar o telespectador de volta à trama.

Às vésperas do casamento real as preparações para guardar a segurança do rei Joffrey se intensificam ao comando de Jaime Lannister enquanto isso é engraçado ver a soberba do menino gabando-se de “seus feitos” para que o povo de Porto Real o adore. Não é possível que ele realmente acredite que é amado pelo povo. Deve ser mais um dos fingimentos dele, do tipo de quando ele diz que salvou a cidade da guerra e venceu Stannis. 
Do lado dos selvagens pelo visto o líder não acredita que Ygritte tentou mesmo matar Snow, além disso nos foi apresentado um novo povo. Os Thenns, canibais que também lutarão ao a fim de atacar a Muralha. Porém nesse arco nada de mais interessante aconteceu a mais do que a desconfiança de Tormund e a apresentação dos canibais.
Nossa queridinha Daenerys que tem todos aqueles Imaculados a seu favor ainda esfrega na nossa face três belos e grandes (bem grandes) dragões ferozes e esfomeados (bem esfomeados). Entre os homens dois lutam por sua atenção enquanto que ela vai se esquivando tentando mostrá-los que estão ali para lutar, apenas isso. Boa sorte Dani!

Mudando agora de episódio, vamos ao segundo The Lion And The Rose!
Quem nunca torceu pela morte de Joffrey que atire a primeira pedra! Finalmente este dia tão festivo chegou e realmente ninguém esperava que fosse assim tão rápido e de forma inesperada! Eu por exemplo, imaginava que ele sofreria com cortes de espada ou algo mais nesse sentido que denotasse muita dor por que era mesmo o que ele merecia por sentir tanto prazer em causar este sentimento em qualquer um que seja.

Talvez eu não devesse começar tratando do assunto assim de início, mas pra quê segurar tamanha ansiedade coletiva? Sei que só se fala nisso, sei que todos só querem falar disso. Grande assunto em Porto Real.
Aliás o esse é mesmo o melhor do episódio então nem preciso me estender tanto, para mim The Lion And The Rose se resume apenas nisso: a morte do leãozinho.




Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)