HART OF DIXIE - S03E10/11: STAR OF THE SHOW/ONE MORE LAST CHANCE

Por Poliana Mendes

3 de fevereiro de 2014

SPOILERS ABAIXO:

Se em “Star of the Show” Hart of Dixie não andou em nada na sua trama e me cansou, em “One More Last Chance” a serie se redimiu e mostrou por que é uma das séries mais queridas na minha grade.

Depois de assistir o 11º episódio me bateu um cansaço de Hart of Dixie, essa terceira temporada não está ajudando em nada e não estou falando de plots mirabolantes, cliffhangers de tirar o sono durante a semana, nada disso, já que a série nunca se propôs a fazer isso, mas até mesmo o que ela se propôs a fazer a muito tempo se perdeu.

Alguém aí sabe me dizer qual o plot principal e os subplots dessa temporada? Pois é, nem eu! Zoe está linda e feliz com o sem sal do Joel; Wade parece que superou a médica e está investindo na sua prima, afinal o que importa é estar em família; George está com Linly mas ainda sente algo por Tansy; AB e Lavon estão bem e com a ausência de Lemon não há muito o que ser explorado na série.

O que nos resta é a fusão de Bluebell e Filmore, que até nos rendeu momentos engraçados com Zoe querendo fazer um musical sobre células (juro que se eu tivesse no ensino médio seria um ótimo jeito de aprender biologia) e mostrando que médicos podem ser criativos.
E quando eu já não tinha esperanças com a série desse chove não molha que já durava 11 episódios, os roteiristas resolve nos entregar o melhor episódio da temporada até agora! Enquanto no 11º quase nada funcionou, no 12º tudo se encaixou perfeitamente e começou a fazer sentido o rumo que os roteiristas estão dando para série.

Já me acostumei com a ideia que Zade é passado, cada episódio que passa a relação de Zoe e Joel fica mais forte, com direito a indireta de “são praticamente casados” e agora eles morando realmente em uma casa já não vejo tanto espaço para Wade. Já o garanhão está bem feliz com a prima de Zoe, mas o episódio fez questão de vários diálogos dar referência ao passado dos dois como: “é impossível não gostar de Zoe Hart”, “ela é a mulher que eu mais gosto desde que você chegou de Nova Iorque e bagunçou com a minha vida”. Ou seja, os roteiristas andam com a trama mas ainda deixa espaço para Zade.

A fusão de Bluebell e Fillmore ainda bem não vai sair do papel e que legal vendo a cidade unida querendo mostrar todas as qualidades que a cidade mais peculiar do Alabam tem. Toda essa mobilização só mostrou o quanto a população gosta e tem amor pela sua terrinha. E como Shelby tinha que sumir, nada mais justo de matar dois coelhos com uma cajadada só.
Depois desse último episódio consegui ver um futuro legal para a série e não só aqueles episódios avulsos que tanto está tendo nessa temporada. Espero que os outros continuem nesse estilo do 11º, leve, engraçado e com algum avanço na trama principal.

P.s.*: A pegação de Wade e Vivian lembrou os velhos tempos que Wade pegava Zoe de jeito sdds.

P.s.**: Que filho mais mala do de Vivian!

P.s.***: Já vai tarde Linsly!

P.s.****: Volta logo Lemon!

Promo do próximo episódio: 
Comentário(s)
0 Comentário(s)