THE VOICE BRASIL: TIRA TEIMA (RESUMO)

Por Alvaro Luiz Matos

6 de dezembro de 2013

Depois de uma fase para “Tirar o Teima” como diria o nosso amigo Tiago Leifert, vale analisar quem ficou e quem saiu antes da hora (e pra mim saiu muita gente antes da hora).

TEAM CARLINHOS BROWN:

O Carlinhos Brown além de falar demais e ser um puta mala é também um produtor musical excepcional. A quem diga que a genialidade dos Tribalistas se deve principalmente a ele, mas como não é isso que vim falar aqui vamos aos finalistas.

Rodrigo Castellani:
Entre os três finalistas para mim além de ser o melhor deles é também o que mais merecia está na final. Rodrigo canta muito e foi desperdiçado pelo Lulu de proposito, já que a ideia do Lulu era dividir seu time para os outros times, já que sabia que não poderia levar todos a final. Já vou deixar a minha opinião de que ele será o grande finalista dessa equipe.

Marcos Lessa:
Ele tem uma voz e tanto, mas competindo com Bruna Barreto e Rafael Furtado ele não deveria vencer assim tão fácil. A Bruna errou no repertório, esqueceu que quem vota é o público e que tem que cantar algo para eles (e não só para si). Já Rafael era pra mim presença certa nessa final, seja no lugar do Marcos Lessa ou da Lucy Alves.

Lucy Alves:
Consenso geral no twitter era: “A Minha TV está no máximo e parece estar sem som”. Sim, ela canta suave, mas esse ano a Banda está gritante e atrapalhando nossos cantores. O que se ouve é o belo arranjo, mas cá entre nós, é um show de VOZES (Fica a dica TV GLOBO). A garota mandou bem e como o seu trio não era o mais forte ela se sobressaiu. (A vale dizer que o Heverton Costa só saiu pela prepotência, o cara se acha demais e foi cantar em inglês totalmente ERRADO).

Minha aposta de Finalista: Rodrigo Castellani
 
TEAM CLAUDINHA LEITTE:

A Miss do The Voice, poderia dizer logo “eu quero deixar meu time fraco em ainda mais fraco”. Meu deus, vai escolher errado assim no inferno. Ela montou cada trio errado que só vendo, e assim jogou fora muita gente boa.

Sam Alves:
Era obvio que ele estaria na final, mas sua apresentação de Pais e Filhos, embora emocionante, foi totalmente comum. O seu trio foi o cumulo do desperdício, Bruna Goes e Júlia Tazz teriam mais chances em outros trios (principalmente o que transformou a Khrystal em finalista). Sam com certeza é o finalista desse time, já que tem apelo do público.

Khrystal:
Não gostei, não achei impressionante, não vi a peixeira na mão. O que vi foi personalidade, um sotaque carregado e uma música chata. (Por hoje é só pessoal =P).

Gabby Moura:
Além de trio errado a escolha foi muito, mas muito, idiota. Essa Gabby Moura é mais do mesmo, uma voz legal e pronto, Débora Cidrack passaria se estivesse no trio da acima, e Jullie Passaria nesse, dessa forma o meu trio finalista seria (Débora, Jullie e Sam). Sinceramente sai “putasso” em ver esse time.

Peguei: Rully Anne:
Ela nem de longe foi a melhor no trio em que cantou, mas quis sua sorte que só a Claudia Leitte utilizasse o peguei naquele dia. Dessa forma ela é finalista.

Minha aposta de Finalista:  Sam Alves

TEAM DANIEL:

Muito mais coerente que nossos técnicos acima, Daniel trabalha com o que tem e vai comendo pelas beiradas.

Cecilia Militão:
Essa mulher canta muito e mesmo eu achando sua versão de Me Deixa um pouco excêntrica ela me surpreende cada vez mais. Porem, ainda não é meu tipo de voz, e nem será pra quem eu vou torcer.

Marcela Bueno:
Vou copiar aqui um twitt de minha colega de site:
“Poli Mendes: Essa menina só tem 18 anos? Ela tem tudo que a mídia gosta, é bonita, é magra, simpática, canta bem. Passaria ela sem sombra de dúvidas”.

Rubens Daniel:
Aqui talvez tenha sido a única vez que o Daniel tenha tido dificuldade para escolher. O Gustavo Trebien também mandou bem, mas Rubens aprendeu durante o programa Ídolos que o repertório e a escolha da música são importantes. Por tanto, com um lindíssimo Coldplay ele é finalista.

Minha aposta de Finalista:  Rubens Daniel (pelo estilo musical, muito parecido com o meu).
TEAM LULU:

Se alguém aqui tinha um time forte e poderia ter dificuldades, esse era o Lulu Santos.

Luana Camarah:
Pela sua personalidade ela é escolha certa para Lulu, tenho minha impressão que se tudo ocorrer conforme o esperado ela é a finalista (mesmo que não ganhe). Lulu aposta muito em ela está pronta.

Pedro Lima:
Para mim ele é o único que pode tirar a final da Luana, mas a sua imaturidade vai lhe custar a final. Acontece que ele vem vencendo na garra, na emoção e na voz que tem, mas o Lulu sabe que ele ainda tem que aprender muito e isso vai pesar.

Dom Paulinho Lima:
Ele só ganha se a Globo segui o ideal da primeira temporada e resolver premiar a voz e não o melhor cantor (apesar dele ser um cantor excepcional). O problema aqui é o repertório, são musicas que não ouvimos no cotidiano e isso pode pesar no voto do público.

Minha aposta de Finalista: Indeciso entre Pedro Lima e Luana Camarah (vai depender do repertório daqui pra frente).
Pois Bem, achei que a final ficou enfraquecida principalmente sem as presenças de Débora Cidrack, Jullie e Rafael Furtado. Minha voz favorita é a da Bruna Barreto, mas ela pecou diversas vezes no repertório e isso foi a enfraquecendo seguidamente.

Entre todos, acho que vou torcer pelo Rubens, por ter um repertório Pop muito bom, o cara canta Skank, Jota Quest, canta Sideral e dai por diante. Gosto disso, mas ele não é sensacional.


Por falar em sensacional, tem alguém ai que vai ganhar por isso? Acho que não.

Comentário(s)
0 Comentário(s)