ONCE UPON A TIME - S03E09: SAVE HENRY

Por Julianne Teixeira

5 de dezembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
Uma vantagem do pequeno hiatus de OUAT: tempo o suficiente para os telespectadores assimilarem todas as informações dadas nos 8 primeiros episódios da nova temporada. No novo episódio, o destaque foi para os conflitos emocionais, e não para a ação.

Vale destacar a atuação da Lana Parrilla, que conseguiu interpretar a Evil Queen, a Regina prefeita de 10 anos atrás, e a Regina atual que só se preocupa em salvar o filho num mesmo episódio. 

O episódio começa com um flashback, mostrando Evil Queen e Rumplestilskin, quando ela foi visitá-lo em sua cela, o que nos remete ao piloto da série. Nessa cena, percebemos que de fato, Regina e Rumple são a alma da série e de tudo por trás das tramas principais. 
Um flashback de Storybrooke pra matar a saudade da primeira temporada, Dr. Whale, Mary Margaret, Gold, só faltou a Ruby. Vemos um lado totalmente frágil de Regina, onde ela se sente solitária, e acaba recorrendo ao Gold a procura de um bebê. Gold consegue o que ela quer, e a própria vai a agência de adoção buscar o bebê. Finalmente, o mistério da adoção do Henry foi revelado, mais um plot encerrado. Henry era um bebê chorão, e Regina achava que ele tinha algum problema, quando na verdade tudo o que o pequeno menino queria era carinho. Regina pede a Sidney informações sobre a mãe biológica, as quais ela não podia ter acesso, afinal tinha sido uma adoção em que ambas as mães ficavam em anonimato. Quando recebe as informações sobre a mãe biológica de Henry, descobre que a mesma e ninguém mais e ninguém menos que a filha da Snow White com o Prince Charming. Apesar disso, ela deu uma chance ao menino, e foi muito bonito de se ver que na verdade, ela ama Henry sim, contrariando tudo o que pensávamos, e mais lindo ainda foi ver a maneira como ela foi se apegando a criança. 

Voltando a quando Regina descobriu as origens do menino, ela quase desistiu e colocou a criança pra adoção, onde logo acharam uma nova família...os irmãos Darling. Isso nos mostrou que desde o início Peter Pan sabia que precisaria do coração de Henry, o que só não foi possível porque Henry tinha ido pra Storybrooke, a cidade amaldiçoada onde ninguém podia ir e vir, exceto Regina, que não tinha sido propriamente amaldiçoada. 
Finalmente nos livramos de Neverland, e os vilões foram os heróis. Regina e Rumple mostraram que não temiam a Peter Pan, mostrando o amor pelo Henry. Foi tudo muito bonitinho, principalmente os laços familiares (A Grande Família cof cof), Neal e Rumple se reconciliando, Regina e Sininho conversando sobre magia, Rumple parabenizando Regina sem ser irônico, o que foi de fato um milagre, Emma com Snow e Charming e Regina e Henry na cabine do Hook, que aliás, nem apareceu muito no episódio, uma pena, tava começando a simpatizar com ele.

O que fica de dúvida é: O que vai acontecer com Neverland se a única pessoa que poderia ficar lá pra morrer (já que os meninos perdidos foram pra Storybrooke também) conseguiu trocar de corpo com Henry (por sinal, péssima atuação do Jared tentando interpretar um vilão) e entrar no navio? Um dos meninos perdidos já sabe que Pan está a bordo. Basta esperar pelas surpresas do próximo episódio...

Veja a promo do próximo episódio
Comentário(s)
0 Comentário(s)