GREYS ANATOMY - S10E10: SOMEBODY THAT I USED TO KNOW

Por Mari

4 de dezembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
Essa temporada tem como foco fatos que vão ser determinantes para as carreiras dos médicos: Grey na sua nova empreitada de pesquisa (já que a ultima falhou feio, por seu coração falar mais alto), Derek sendo simplesmente o melhor, Yang tentando se superar e se mostrando uma boa professora (quem diria), Alex não sai da uti neo-natal, mas isso mostra que é um médico dedicado e Bailey, que depois de enfrentar coisas horríveis, um simples furo numa luva gerou emoções tão fortes de impotência que ela teve que se esconder atrás do TOC.

Ben, tenta ajudá-la, mas só consegue fazer com que ela seja denunciada pelo conselho (o que convenhamos deveria ter sido feito, bem antes, nesse hospital só acontece coisa estranha nas salas de cirurgia - NUNCA, JAMAIS, assista Greys Anatomy antes de uma cirugia).
Enquanto tudo isso ocorre, Mer e Christina continuam de mal. Grey se transformou numa megera esses dias, o que mostra o quanto ficou magoada com aquilo que Yang disse à ela sobre o seu trabalho. Eu sempre fico tensa nessa situação, porque toda vez que acaba o episódio eu fico imaginando qual será o desfecho para Yang sair da série. Realmente acredito que elas não saíram brigadas, mas conforme a tensão vai aumentando entre as duas, e sabendo como a cabecinha de Shonda funciona... tenho medo de que mais tragédia está por vir.

No núcleo mais ou menos da série: April chama Edward para o casamento para que ela convide Jackson. Eu não sei se esse casamento vai sair, porque é Greys Anatomy (me diz um casamento que saiu de primeira?). Hunt está cheio de amor com a namoradinha dele que todo mundo ama e que ainda por cima cozinha!
Para completar, Meredith convida todo mundo para a ceia de Ação de Graças, menos sua person. Melhor parte: As cara do McDream para o Hunt mostrando que as mulheres são loucas e que não era para tocar no assunto perto delas.

Destaque: Bailey como portadora de TOC. Já vieram me falar que ter TOC não fazia parte da personalidade da Miranda, que ela era forte, superou um monte de tragédia e que não fazia sentido ela estar com esse transtorno. Mas muito pelo contrário, por ser tão controladora Bailey poderia sim ter muito bem Transtorno Obsessivo Compulsivo, e o fato de ter sido somente depois do episódio da luva se explica, por somente nesse momento ela ter enfrentado algo que questionava sua credibilidade de cirurgiã.

E vocês, o que acham?

Siga Nosso TWITTER - Curta nossa FANPAGE - Conheça nosso GRUPO no Facebook

Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)