THE WALIKING DEAD - S04E04: INDIFFERENCE

Por Mari

7 de novembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
O que dizer desse episódio a não ser: "Que ódio de Rick Grimmes!". 

Que ele tem aquela cara de "não sei bem o que aconteceu porque acordei de um coma", já sabíamos,  que ele era meio paranóico e não tem noção se vai ou fica, também, mas a que ponto chegamos, Rick!

Primeiro quero destacar a falta de destaque da minha personagem favorita: Michonne. Toda vez que eu acho que vai ter uma história, que ela vai contar o que se passou na vida dela, que vai aprofundar o personagem ela me aparece com "não sei porque fico procurando o Governador o tempo todo!". Porque raios ela procuraria o Governador se ela foi quem o deixou caolho e matou a pequena-filha-zumbi dele. Ela deveria se esconder dele e não sair nunca mais do esconderijo! O cara é maluco, manipulou uma cidade inteira, tem uns amigos zumbis... deixa o cara quieto! 

Mas a gente perdoa tudo isso porque ela sorriu no episódio e ainda balançou a cabeça à lá indiano.

Segundo: o que é Bob e para que ele serve? Só para atrapalhar as pessoas e morrer em algum momento? Ficou lá se lamentando pro Daryl o quanto errou, que as pessoas que ficam perto dele acabam morrendo, que ele foi o culpado pela morte do Zach e de repente, não mais que de repente o Dr Bobby resolve pegar uma garrafa deixada em algum momento no hospital veterinário [porque era esse lugar que eles iam não era?] e simplesmente não encher a bolsa com medicamentos!

Na review passada comentei o fato de matar uma pessoa tinha se tornado algo sem importância para eles, mas eis que surge um Rick revoltado que resolve expulsar Carol por um único erro, porque acha ruim o pensamento de Carol em matar um para ajudar o todo. Ok, não vamos entrar em questão de ética aqui, porque é um seriado de apocalipse zumbi, mas vamos combinar que a Carol é uma das pessoas que mais ajudam no grupo, cuidou do Carl inúmeras vezes enquanto Lori iam fazer sabe Deus o quê, cuidou da Judith quando o Rick ficou doidão, se colocou em risco várias vezes para ajudar o pessoal da prisã e agora ele simplesmente a deixa sozinha?? E o Conselho? Não sei vocês, mas ao assistir eu me contorcia de raiva do cara e senti falta do Shane!
Carol saiu sim, mas com muita dignidade. Achei muito bacana o fato dela relembrar o passado dela, porque a Carol que vemos hoje não tem nada da Carol que apanhava do marido. Nesse caso tenho que dizer que o apocalipse zumbi fez bem à ela. E faz muito sentido ela ter o extinto maternal extremado e uma raiva desproporcional, foram anos sendo menosprezada por alguém que se achava o líder. Ver ela saindo entregando para o Rick o relógio que o marido deu à ela! Muito significativo! Pontos para o drama psicológico de TWD!

Ainda tem a comparação de liderança do Daryl e do Rick, ambos estavam com um grupo de pessoas onde havia alguém que errou e colocou em risco o próprio grupo, mas Daryl, sabiamente, deu uma encarada e um bate cabeça no Bobby, mas não o excluiu do grupo porque sabe que é sempre bom manter as pessoas que desconfiamos por perto. Já o sheriff Grimmes, expulsa Carol por conta própria dando uma liçãozinha de moral furreca sobre "quero meus filhos em segurança e não me sinto seguro com você por perto" [Mas o Merle ninguém expulsou, a mulher-zumbi ele seguiu].
Apesar de tudo, gostei desse episódio porque eles estavam na rua [sentia falta de ver as cidades vazias, as casas e carros abandonados] a cadeia foi deixada um pouco de lado o que provavelmente será compensado no próximo episódio.

PS: NINGUÉM COMENTOU SOBRE AS VOZES DO RÁDIO, É ISSO MESMO??



Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)