THE CRAZY ONES - S01E09: SIXTEEN-INCH SOFTBALL

Por Marcus Vinícius

28 de novembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
"Hey ho, let's go!" Que o jogo comece.

Decisões em uma empresa são tomadas a partir de uma conversa sábia entre os sócios, não é? Não! Enganou-se quem pensou isso, na empresa Lewis, Roberts & Roberrts as coisas são completamente diferentes, apesar das coisas não andarem bem por lá, alguém deveria ser demitido, e dessa vez seria alguém do setor da publicidade, logo Simon não queria que isso acontecesse, e Lewis insistiu que isso ocorresse.

Mesmo os dois não tendo chegado à um acordo, eles decidiram que seriam uma decisão mais justa jogar um jogo de softball, e quem perdesse teria que demitir alguém no seu setor. Eis que o jogo começou e eu mesmo sem entender nada sobre esportes (principalmente os que envolvem bolas) me diverti bastante com o jogo, creio que tenha sido a melhor parte de todo o episódio.

Simon há tempos atrás ganhou o jogo de softball de Gordon, e isso fez com que Gordon tivesse que demitir alguém do seu setor, mas a história mal contada fez com que nem todo mundo acreditasse nisso. Tivemos até uma simulação de tudo que aconteceu  (bem criativo por sinal), as vezes sinto que Robbin tenta ser engraçado demais e acaba forçando um pouco a barra, posso estar enganado mas tenho percebido isso há vários episódios.
Foi bem engraçado a Sydney tentando aproximar-seda namorada do Andrew, ela bem que tentou mais eu acredito que depois daquela bola que ela levou na cara, isso nunca vai acontecer. Sobre esse plot Andrew/Sydney, foi interessante ter percebido que o beijo que rolou em um dos episódios não foi nada mais nada menos que um momento de calor, além de que na história que o Andrew contou para sua namorada, quem foi a pessoa que beijou primeiro foi a Sydney, e o melhor de tudo foi ela ter concordado com toda essa história inventada por ele.

Eu gostei mesmo foi no final, a decisão do Gordon de não ter aceito o resultado do jogo, e de ter voltado atrás( apesar de que o Simon e a Sydney já estavam dispostos à demitirem o deficiente físico da empresa). Gostei dessa decisão de entender que Simon não estava muito bem e que eles deveriam ter uma revanche, alguém mais gostaria disso? Eu adoraria ver eles competindo novamente, uma revanche é sempre melhor.

Depois de todo o drama para ter que tomar a decisão final, eles finalmente tomaram uma decisão super profissional: uma disputa de moto de crianças( cá entre nós, isso me lembro aqueles filmes da Roma antiga, Grécia, e tal...), gostaria mesmo de ter visto com acabou tudo aquilo, acredito que alguém tenha se machucado,rs.

O episódio foi bem leve e descontraído, afinal é bom de vez em quando sair da rotina de dentro da empresa por mais que muitas das piadas inseridas no episódio não tenham tido um efeito esperado eu continuo gostando do que eu estou vendo.


Vou terminar a review fazendo algumas observações:

1)Essa semana não teremos episódio de The Crazy Ones, devido ao "Thanksgiving" mas semana que vem estarei de volta com as reviews dos novos episódios.

2) Próximo episódio teremos as "Angels" da Victoria Secret dando uma passada pela agência.

3) Simon chapado foi ótimo.

Comentário(s)
0 Comentário(s)