REIGN - S01E03: KISSED

Por Nicole Chaves

6 de novembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:

O primeiro beijo.

Se no episódio passado a Inglaterra era apenas uma ameaça, nesse a guerra contra Escócia se tornou realidade. A primeira cena do episódio já demonstra que a terra da rainha Elizabeth não está para brincadeira e pretende tomar para si o país vizinho, independente de Mary estar associada ao rei da França ou não.

Com isso, Mary fica mais desesperada ainda por não ter a certeza da aliança com a França, visto que o rei ainda não autorizou seu casamento com Francis. O príncipe também quer auxiliar a provável noiva, mas Henry II está mais preocupado em levar Lady Kenna para a cama do que a iminente guerra contra a Inglaterra. O descaso da corte francesa com a situação da Escócia só faz Mary tentar alguma atitude ao invés de ver seu país desmoronar e a visita do filho bastardo do rei de Portugal, Thomas, pode ser sua única saída. 

Mais uma vez o roteiro abusa da história de Mary ser sempre o centro de atenção dos pretendentes de suas damas de companhias, gerando ciúmes e desavenças entre a rainha e suas amigas. Greer é a escolhida da vez, com uma tentativa ingênua de conseguir alguém como Thomas sendo uma plebéia. 

A menina andou lendo muito contos de fadas, pois naquela época ninguém se casava com outra pessoa se não tivesse, no mínimo, na mesma posição social. Se a gente for pensar, esse costume ainda continua hoje, mas não como uma imposição. 

E assim, Greer delira que Thomas, por ser o bastardo do rei e não ter títulos, poderia se casar com quem quisesse. Entretanto, o jovem é rico e nesse período as pessoas que tinham dinheiro, mas não posição social, usavam seu dinheiro para se casar e ter um título aristocrata.
Então, com a promessa do pai de ser considerado legitimo, Thomas pede a mão de Mary, se dizendo apaixonado por ela. Oferece tudo aquilo que Francis falha em lhe proporcionar; tropas de soldados para defender a Escócia.

Obviamente, Mary fica interessada na proposta, mas ainda está ligada emocionalmente com Francis. Ela pede sigilo para o pretendente, só que Thomas faz uma pequena apresentação na frente de toda a corte francesa, dançando sensualmente com Mary.

As caras das pessoas espantadas só não foi melhor do que vermos Nostradamus finalmente sendo o vidente tão famoso que é. Henry II provoca, provavelmente por seu tédio com a festa, e Mary com suas amigas acabam recebendo as previsões que poderão mudar suas vidas.

A rainha da Escócia não gosta das palavras misteriosas do cúmplice de Catherine, mas ele não se intimida e apenas deseja sorte a jovem. E ela realmente vai precisar, pois quando tudo parecia resolvido, com Francis aprendendo a lição de como ser um jogador no jogo político, Bash sofrendo um ataque.

Henry II libera as tropas solicitadas por Mary, quando Francis o chantageia sobre sua nova amante, Kenna. Porém, as tropas são aniquiladas pelos ingleses antes de iniciarem sua viagem a Escócia. Bash acaba sendo uma vítima também, por ter sido mandado por Francis para passar a nova missão.

Com o irmão entre a vida e a morte, Francis se sente culpado e Henry faz questão deixá-lo com esse sentimento, como uma forma de aprendizado sobre o que acontece quando um líder é guiado por seus sentimentos. 
Mary até tenta consolar Francis e acaba ganhando seu primeiro beijo e, tecnicamente, último do noivo. Francis acredita que é melhor Mary aceitar a proposta de Thomas e defender sua pátria, assim como ele pretende defender a sua e não pode mais se deixar levar por seus sentimentos por ela.

Apesar da tristeza do rompimento abrupto com Francis, e ainda teórico já que somente eles sabem, Mary segue o conselho do noivo e aceita a proposta de Thomas. Assim, desvenda o significado da charada de Nostradamus e começando a acreditar no profeta.

O mais interessante desse episódio foi mostrar como Mary e Francis estão sendo obrigados a amadurecer pelas circunstâncias. Eles nasceram e foram criados para amar e defender seus países. E essa missão de vida é a razão dos dois se conhecerem e apaixonarem, mas também será a causa de seus problemas para ficarem juntos. 

#ThatsMyOpinion

P.S.1: Só eu achei óbvio a profecia para Greer?

P.S.2: Catherine apareceu pouco e Diane sumiu desde o piloto... Isso tudo é para dar espaço para Henry continuar com seu joguinho com Kenna?
Facebook: SériesEmFoco

Assista a promo do próximo episódio: 
Comentário(s)
0 Comentário(s)