HOMELAND - S03E08: RED WHEELBARROW

Por Thamara Ribeiro

27 de novembro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
Dividos entre ação, algumas pitadas de nervosismo, uma boa dose de surpresas e questionamentos, muitos questionamentos, os quase quarenta e sete minutos de episódio do dia 17 de novembro deram muito o que falar.

Analisando Red Wheelbarrow e comparando aos episódios antigos, este está bem melhor que a maioria. Envolvendo assuntos delicados da vida privada dos personagens e detalhes confidenciais do governo americano, Homeland passa sempre a impressão de que todos ali estão “pisando em ovos”, afinal a série que trata de terrorismo requer no mínimo uma guerra fria por mais simples que seja, a psicologia em grande parte dos casos rende muito mais do que a guerra propriamente dita! 
Falando especificamente das cenas em que focam a vida pessoal dos personagens, é inegável a relevância a que estamos e fomos acostumados a dar a certos arcos. Eu explicarei citando exemplos: se você pra para ver a vida de Mira sente como se estivesse sendo obrigado(a) a assistir a rotina da mulher que não te traz interesse nenhum e muito menos rende algo para o enredo da série. No entanto se você assiste Carrie indo à ginecologista e conversando sobre o futuro de seu filho (a) posso apostar que ficou com o coração na mão e cheio de interrogações levantando questões sobre qual decisão a moça irá tomar.

É perceptível, portanto o contraste entre a maneira a qual a série nos acostumou e o modo com que vem agindo ultimamente, antigamente Mira mal aparecia e fomos apresentados à genialidade de Carrie logo no primeiro episódio da série, o que nos conquistou de tal forma que um cena como a de Mira chegando em casa se torna totalmente sem importância e irritante passando a sensação de perda de tempo. Mas ainda assim é mostrada e porquê isso acontece? Para preencher espaços ou para nos preparar para acontecimentos futuros? O ex dela já nos deu uma boa pista. 
Ainda falando sobre vida pessoal, vimos também a de Fara que morava com seu pai nos EUA sem que ele soubesse para quem ela trabalha. Um ponto importante é saber que a moça busca vingança contra Javadi apesar de saber que sua família corre riscos de morte nas mãos do homem. A pergunta que não quer calar: porque ela sente tanta raiva de Javadi? O que esse homem fez exatamente a ela para que queira se vingar?

Finalizando o episódio com aparição repentina de (que rufem os tambores): Nicolas Brody! E não é apenas o Nicolas Brody, mas um Nicolas Brody dopado e trancado naquele quartinho desagradável que o vimos sendo colocado há alguns episódios atrás. Triste ver que nada mudou e ele foi de mal a pior. Curioso descobrir que Saul sabia e pagou por ele. Intrigante é a dúvida, digo, as dúvidas: Saul sempre soube que Brody esteve lá esse tempo todo? Se sim, porque demorou tanto para resgatá-lo? Se não, como acabou descobrindo? Além disso, o que fará com o ex-soldado?

Até a próxima e que venham as respostas ou mais perguntas!

Twitter: @SeriesEmFocoWeb
Facebook: SériesEmFoco 

Veja a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
6 Comentário(s)