THE ORIGINALS - S01E01/02: ALWAYS AND FOREVER/HOUSE OF THE RISING SON

Por Poliana Mendes

16 de outubro de 2013

SPOILERS ABAIXO:
Depois de 3, sim meus amigos, TRÊS pilotos, The Originals estreou. Eu já tinha até feito a review do piloto que foi divulgado, para quem ainda não deu uma olhadinha veja aqui. E a mudança para esse piloto final foi muito bem vinda diga-se de passagem, não que os outros tenham sido ruins, mas esse para o desenrolar da série e para novos fãs que não conhecem nada da mitologia de The Vampira Diaries cumpriu com o que prometia, além de ser bem mais dosado por ser na versão de Elijah, o irmão Mikaelson mais racional.

Uma coisa que The Vampira Diaries fazia (me desculpem sempre remeter à série de origem, mas não tem como não fazer isso nesse início de série que advém de outra) com sucesso eram episódios sobre o passado dos personagens em questão. E The Originals já começa muito bem mostrando como aquela família acabou se firmando em Nova Orleans, funcionou também quando mostra a história de Klaus e Marcel no segundo episódio.

Esses tipos de informações são importantes para o decorrer da série, já que precisamos conhecer as histórias dos personagens para entendermos as ações que eles terão durante os episódios, se as construções dos personagens forem ruins prejudica todo o andamento da série em si, e pelo que eu vejo, The Originals está tendo todo esse cuidado, nos mostrando suas motivações, medos e inseguranças.

Klaus é explosivo, nunca se preocupou no que terá daqui 100 anos, a sua única preocupação é ser o temido e destemido no distrito federal ops Nova Orleans. Quando ele chega a Orleans e percebe que o seu pupilo conseguiu tudo o que ele sempre quis inclusive amigos, seu orgulho fala mais alto e ele quer aquilo tudo de volta.
As bruxas do Quarter e Hayley são só mais uma peça no tabuleiro de Klaus, afinal, um vampiro que empala seus irmãos quando lhe convém não pode ser digno de confiança. Elijah sempre foi racional, um homem de palavra, excelente contraponto a Klaus, um precisa do outro mesmo o híbrido não assumindo isso.

E a família não poderia estar completa se Rebekah não tivesse de volta, depois de um verão intenso pela Europa com Matt, ela tem que voltar para sua família. E foi essa palavra tão comentada nesses dois episódios: “Família é poder”, “Sem família não temos nada”, “Se não podermos contar com nossa família com quem mais contaremos na vida?”. Se todas essas afirmações são válidas para nós, meros humanos, imaginem pros Originais que são imortais?

Enquanto todos estavam indo buscar a farinha, Klaus já voltava com uma padaria feita e lucrando com a venda de pãezinhos. Gostei quando ele mostrou que está de corpo inteiro nessa empreitada de retomar o poder em Orleans e ajudar as bruxas a recuperarem seus poderes, porque Klaus pode ser tudo, mas burro ele não é. Só achei bem didático como a série mostrou, às vezes os roteiristas acham que nós espectadores somos burros e não conseguimos ligar os pontos.
The Originals começou bem, conseguiu manter o ritmo no seu segundo episódio e estou bastante satisfeita com a série até agora, e olha que eu era uma das pessoas que tinha a maior desconfiança, já que a série é de Julie Plec. A história está sendo contada do jeito correto para que outros que não conheciam The Vampire Diaries fiquem sem saber o que está acontecendo e por que os personagens tomam determinadas decisões, as atuações estão excelentes, a ambientação e o clima de Nova Orleans não podia ser outro e a história está bem instigante. Se conseguir manter esse nível ficarei bem satisfeita.

P.s.*: Mil desculpas pelo atraso, mas por motivo de faculdade não pude fazer as reviews na data correta, prometo que a partir de agora tudo voltará ao normal, afinal reviews duplas são cansativas de fazer e ler.

P.s.**: Acho que Rebekah é a personagem no mundo das séries com o maior índice de relacionamentos destroçados, ainda bem que pra vampiro é só desligar a humanidade e pronto, sem dor.

P.s.***: Que porra é Devina? Ela é bruxa? Ela é a maior bruxa? Ela é filha de Silas (TVD feelings)?

P.s.****: Só eu vi mais caixão, quando mostraram eles chegando em Orleans? Isso quer dizer que podemos ter Kol  e Finn de volta?

Texto de:  Poliana Mendes - @poliziinhaa
Twitter: @SeriesEmFocoWeb
Facebook: SériesEmFoco


Assista a promo do próximo episódio:
Comentário(s)
2 Comentário(s)