PRIMEIRAS IMPRESSÕES: HOSTAGES

Por Poliana Mendes

26 de setembro de 2013


SPOILERS ABAIXO:
E se a vida de uma das pessoas mais importantes do mundo estivesse nas suas mãos, o que você faria?


Hostages é a nova aposta política da CBS que que conta a história de uma médica, Ellen Sanders (Toni Collete), que é escolhida para fazer uma cirurgia do coração no presidente dos Estados Unidos, mas um grupo resolve “sequestrar” sua família para que a médica mate o presidente durante a cirurgia. Nos momentos iniciais o piloto nos apresenta nossos protagonistas e suas funções, a médica dando a coletiva da cirurgia o agente do FBI, Duncan Carlisle (Dylan McDermott), lidando com um assalto a banco.

O dilema que a série impõe logo no primeiro capítulo entre salvar sua família ou o presidente do seu país funcionou bem, percebemos que Ellen se dedica à sua família mas por causa do seu emprego essa dedicação não é tanta quanto ela deseja. Por causa dessa ausência seus filhos adolescentes apresentam alguns dramas referentes à fase da vida que passam. O mesmo percebemos com o seu casamento, que pode não ser um casamento modelo, mas que ela se esforça para mantê-lo.
O ponto alto do episódio e acredito até mesmo da série são os atores, Toni Collete é uma excelente atriz e nesse primeiro momento em que ela precisou mostrar serviço, mostrou. Dylan McDermott também mostrou a que veio, os coadjuvantes fizeram a sua parte e conseguiram transmitir toda a agonia e aflição que esse episódio piloto precisava.

A possível morte do presidente abre espaço para outras pessoas tomarem o poder da principal potência mundial, o que me deixou curiosa foi por que um agente do FBI e seus capangas (que de burros parecem não ter nada) ganham com a morte. Se eles estão trabalhando para alguém, ou se um deles é alguém tão importante que pode vim a ser presidente dos EUA eu não sei, mas fiquei curiosa como toda essa história irá acontecer.

A minha opinião é que no primeiro momento a ideia da série se sairia melhor como um filme ou até mesmo uma minissérie, mas que se trabalhada da forma correta pode vim a render frutos posteriormente. Um exemplo disso foi Homeland que quando vi a sinopse não imaginava como a série poderia durar mais de uma temporada e até hoje ela está aí, muito bem por sinal.

Com grandes nomes no elenco e uma premissa interessante a pergunta que não só eu fiz, mas que várias outras pessoas fizeram foi: Será que a série tem lenha pra queimar, ou se a história é só para uma temporada? Acredito que essa resposta só teremos se a série apresentar uma audiência sólida, se a audiência não corresponder, fecham o arco com os 13 episódios encomendados para sua primeira temporada.

P.s.*: Claro que tem que ter um bandido “bonzinho”.

P.s.**: Hostages apresentou uma audiência de 7,5 milhões (1.8 na demo), lembrando que o seu piloto disputou com The Blacklist, uma das principais apostas da NBC que pega o lead-in gigante de The Voice.


Texto de:  Poliana Mendes - @poliziinhaa
Twitter: @SeriesEmFocoWeb
Facebook: SériesEmFoco

Assista o trailler oficial da série:
Comentário(s)
6 Comentário(s)