CHICAGO FIRE - S02E01: A PROBLEM HOUSE

Por Eliane Silva

28 de setembro de 2013


SPOILERS ABAIXO:
Chicago Fire estreou a nova temporada com todo gás e quem é fã de série drama não perde nada em assistir. Com um numero na audiência bem acima da estreia da temporada passada, a série mostrou porque se manteve entre as mais queridas do momento.

O primeiro episódio começou fazendo um retrospecto dos principais acontecimentos da primeira temporada e não desapontou dando continuidade ao drama vivido por Severide e Cassey.  Se alguém pensou que as coisas ficariam normais para Severide quando ele descobriu a gravidez de Renné, se enganou. Um incendiário decidiu ataca-lo e o motivo ainda vai ser desvendado e isso vai render bastante no decorrer da temporada, assim como a pulga atrás da orelha colocada por Shay sugerindo que o bebê de Renné não seja dele.  Mas será que Renné faria isso com ele? 

Cassey retorna recuperado após a morte trágica de sua namorada e quem viu a temporada passada quando Dawson o consolou achava que eles voltariam como um casal, só que nada disso aconteceu e os dois estão como amigos. Sério?! Amigos?! Da pra perceber a química entre eles com os olhares, mas eles insistem em ficar separados, por causa da ética? 

Outro momento ótimo na série foi o Capitão Bowden , gostei demais dele ao vê-lo defender seu grupamento e mostrar para os burocráticos que salvar vidas não é assim fácil. Claro que o grupamento dele estaria na mira para cortes de verbas, só não gostei dessa Gail e tenho certeza de que ela vai aprontar muito com o pessoal de Bowden para fecha-lo. Foi muito estranho ela chantagear Clarke, bombeiro que se juntou a equipe de Severide. No inicio fiquei com pé atrás com ele, justamente por ele ser o único que estava encontrando os arames que seria o acelerador dos incêndios que está atacando Severide,  mas depois de vê-lo sendo chantageado por Gail, acho que ele não será tão ruim assim. Uma boa história vai sair de tudo isso.
A volta de Heather (esposa do bombeiro morto no início da primeira temporada) vai mexer com a vida de Cassey, já que na primeira temporada eles ensaiaram alguns beijos.  Ela voltou justamente porque completava um ano da morte de Andy e no final desse episódio ela se viu envolvida em um acidente grave de carro. Acho que Cassey vai ter muito trabalho com ela e seus filhos. Já deixo claro que não gosto desse romance desde o início , acho que não rola química toda entre eles, mas pelo que tudo indica vai rolar um romance. Dawson precisa começar a agir se não quiser continuar pra sempre como amiga.

Dramas assim é a premissa de Chicago Fire e faz com que os fãs se encantem cada vez mais e acredito que algumas mudanças começaram a acontecer, principalmente nos resgates e nas cenas de incêndios que ficam mais emocionantes e eletrizantes. As cenas são perfeitas e a atuação dos atores ótimas, da impressão de risco real. Parabéns a equipe responsável pela pirotecnia, as cenas estavam ótimas.

Não posso deixar de citar Chicago PD que foi comentado nesse episódio, com Peter Mills definitivamente sendo deixado de fora do esquadrão. Eu achei que ele já estaria fora nessa temporada, sinceramente não gosto muito dele.

Apesar dos produtores terem inserido vários plots logo no início, como o incendiário, traição de Renné, espião, ciúmes , a prisão de Heather e o cuidado dos filhos dela , no final o primeiro episódio da 2ª temporada foi ótimo e sempre nos deixa perguntas no ar e sempre às respostas vão ao contrário do que imaginamos acontecer.

Que venha o segundo episódio e que os produtores não alterem tanto a dinâmica da série, porque pelo visto essa temporada tem tudo para ser melhor do que a primeira.

Texto de: Eliane Silva - @LLia10
Facebook: SériesEmFoco

Veja promo do próximo episódio:
Comentário(s)
0 Comentário(s)