TRUE BLOOD - 6ª TEMPORADA (RESUMO)

Por Marcus Vinícius

29 de agosto de 2013


SPOILERS ABAIXO:
Todos anos eu acabo de assistir True Blood em uma relação de amor e ódio, se você também sente o mesmo junte-se a nós e compartilhe esse sentimento.


Essa temporada diferentemente da anterior abordou coisas que nos deixaram curiosos com o que aconteceria devido ao fracasso da 5ª temporada. O episódio de estréia deixou muito a desejar, mas já era possível ver todos os plots encarregados a nos direcionar à mudanças que aconteceriam daí pra frente.

O vampiro Bill passou por uma enorme mudança e transformou-se em Billith, assim passando a ser o vampiro mais poderoso de todos, além de ter visões sobre o que aconteceria no futuro, nos levando a ficarmos mais curiosos praticamente a temporada inteira.

O objetivo de boa parte da temporada (e o que foi presenciado) foram os vampiros presos na prisão, em poucos episódios já não haviam mais nenhum deles atormentando Bon Temps, apenas o Bill é claro. A ideia era a guerra entre humanos e vampiros, mas isso já estava praticamente decidido já que os humanos estavam no controle, eu não imaginei que isso aconteceria por um bom tempo.
Vampiros sofrendo na prisão foram o que não faltaram, mortes também estiveram constantemente presentes, tudo isso graças ao Governador da cidade. E como se não bastasse o Governador ter morrido, eis que aparece a maior vilã até então nessa temporada, Sarah que já não era adorável se tornou insuportável principalmente com o Jason( que deveria ter aumentado a lista de mortos, e dado um fim merecido à ela).

A ideia de trazer o Warlow que era um vampiro-fada, foi bem interessante até porque a série precisava de personagens novos que movimentassem mais os novos episódios. A impressão que ele passava no início era a de ser o mocinho na história, mas como todos nós sabemos que as pessoas não aparecem à toa na série, demorou mas ele logo mostrou-se ser o tal vilão, e depois o mocinho novamente e depois definitivamente vilão?! Sim, pudemos ter várias impressões dele durante toda a temporada, até algumas pessoas shipparam ele com a Sookie(sim, esse foi o meu caso,rs).

Curti demais nessa temporada as filhas do Andy, afinal quem não deu algumas risadas ao ver elas crescendo rapidamente? É... e eu achando que isso duraria para sempre, acho até que esqueci um pouco que não devemos nos acostumar muito com os personagens na série, daí vem a Jessica e me mata três delas? Confesso que fiquei com ódio dela por alguns momentos, mas entendi que ela não fez isso de propósito.

Falando em morte, quem imaginaria que o Terry morreria? Fiquei surpreso demais, eu sei que ele queria se matar e tal, mas depois que a Arlene pediu à um vampiro para hipnotizá-lo, nem isso fez que ele sobrevivesse. Terry nunca foi um personagem popular, e o seu plot na temporada passada foi muito chato, só não entendo a necessidade dele ter morrido (confesso que até agora não consegui digerir isso).
O assunto sobre mortes não acaba por aqui, Eric foi uma das pessoas que também sofreu muito com isso. Eu não via ele tão arrasado desde a morte de Godric, e a morte da Nora foi a gota d'água para despertar o antigo Eric em busca de vingança. E com tudo isso quem é que não torceu para ele destruir a prisão e libertar todos os vampiros? Apesar dele ter feito tudo isso, ainda não saiu como um herói, e sim o Bill (fiquei chateado).

Quem diria que Sookie não iria se entregar para qualquer um, não é? Eu achei até que ela estava mais "comportada" nessa temporada, já que suas alternativas não eram muitas mesmo. Falando nisso, já mais para os episódios finais, bem que ela apelou para todos os lados e nenhum deu certo, mas passar seis meses na série para ela terminar com o Alcide? Eu não mereço isso...

Depois de uma temporada conturbada, e com menos episódios que o habitual, eis que chegou a hora de nos despedirmos da série por um bom tempo. A espera é longa, mas True Blood deixou inúmeros cliffhangers que nós esperamos que sejam resolvidos com clareza na próxima temporada.

Aconteceram muitas coisas em apenas dez episódios e é difícil de citar tudo, mas escrevi aqui os momentos que mais marcaram toda a temporada, afinal True Blood é e sempre foi uma caixinha de surpresas. Vocês gostaram daqueles momentos finais com enormes mudanças no último episódio? A temporada atendeu as suas expectativas? Quero saber se mais alguém pensa igual e mim! rs

Destaques nessa temporada:

- Falar nessa temporada sem mencionar o Andy seria uma injustiça, já que ele passou por todo o drama das filhas dele, além de ter perdido um membro da família( Terry), isso com certeza não é para qualquer um.

- Eric sem dúvidas marcou bastante todos os episódios, imagina se ele não tivesse ajudado os outros vampiros? aconteceria um massacre bem maior que esse.

- Eu juro que já estava cansando em colocar R.I.P nesses últimos episódios, já que houveram muitas mortes, e imagino que não vai parar por aí, será que na próxima temporada teremos mais nessa lista?

Até o próximo ano! o/


 Assista a promo da temporada: 
Comentário(s)
0 Comentário(s)