SUITS - S03E06: THE OTHER TIME

Por Poliana Mendes

23 de agosto de 2013

SPOILERS ABAIXO
A diferença entre o que você quer ser daqui 10 anos e o que realmente você será.

Eis que Suits volta 10 anos e nos mostra um Harvey menos engravatado, um Mike bem parecido com aquele que conhecemos no primeiro episódio e uma Donna completamente igual ao que ela é hoje em Suits! Impressionante como ela parece ser a única que sabia o que queria.

Por eu ter assistido a promo, imaginei que o episódio seria aqui e ele foi aqui (entendedores entenderão bjs Cameron e Harvey), mas sempre ou quase sempre isso acontece, afinal a promo tem que ser bem boa para que nos faça querer ver o próximo episódio, mas vamos ao que interessa, os acontecimentos em Pearson, Darby & Specter.

Nunca imaginei ver um Harvey menos seguro de si e pelo menos no começo do episódio vimos isso, claro que essa transição entre um assistente de promotor a um dos melhores advogados de Nova Iorque ajudou para hoje Harvey ter o rei na barriga e achar que tudo pode, afinal ele pode mesmo.
Agora conseguimos entender um pouco mais esse sentimento entre Harvey e Cameron. Para o segundo os fins justificam os meios, já para o primeiro nem tanto, mesmo eu acreditando que falta pouco para Harvey se tornar um Cameron 2.0, nesse caso dentro da sua firma.


Outra que não mudou muita coisa com 10 anos foi Jessica, sua ambição e o desejo de ser a manda-chuva já estava evidenciado desde anos atrás, o que mais me intrigou foi sua conversa com Harvey antes do golpe, só eu fiquei com a sensação de que no futuro ela sabia que em algum momento Harvey tentaria dar o golpe para assumir a firma? Além disso ela achava que o quê, seria a rainha sempre? Quem com ferro fere com ferro será ferido minha cara Jessica, uma vez você feriu e agora está sendo ferida, é a vida, fazer o quê.

E Trevor ferrando a vida de Mike desde 2003, tudo bem que eles eram melhores amigos desde sempre, mas com um amigo desse quem precisa de inimigos né?! Eu sempre fiquei na dúvida por que Mike nunca foi pra Harvard, já que ele conseguiria passar num piscar de olhos.

Donna, Donna, Donna, o que seria de Suits sem sua presença? A química entre ela e Harvey nunca foi tão forte como nesse episódio e acredito eu que se não fosse pela sua regra de não se envolver com pessoas do trabalho teria um romance longo e conturbado entre eles dois. Harvey admitindo que o romance entra ela e Stephen (FDP, já não gosto de você!) o incomoda foi bem legal, ele faltou falar: “Se quebrou a regra com ele, quebra comigo!”
Já estou sem saco para o caso Ava, não tem fim mais não é?! Tudo bem que é o futuro de Suits que está em jogo, mas já deu né. O que sinto de Suits nessa temporada é que toda sua agilidade está focada em uma coisa só, isso pode ser ruim, principalmente para SuITs que foi tão ágil e nunca se prendeu tanto a um ploto como o que estão fazendo com esse, a trama está andando a passos de bebês e a série nunca fez isso, o seu diferencial é justamente esse!

Por mais que eu esperasse mais desse episódio ele foi bastante esclarecedor, podemos conhecer um pouco mais de nossos personagens antes de serem o que são. E vocês o que acharam? Não deixem de comentar!

Frases do episódio:

“Harvey: Não tenho sonhos, tenho objetivos.”

“Donna: Acredite, se tiver a sorte de me ter, não ia querer dividir”

P.s*: Nunca pensei em ver Harvey sem ser engravatado e é impressionante como ele fica bem de qualquer forma.

P.s**: Louis marcando presença nem que seja tirando o dia de folga.

P.s***: E agora como ficará nosso segundo casal favorito?

P.s****: Já acho que a comemoração com o abridor de latas entrará pro hall dos mistérios no mundo das séries!


Texto de:  Poliana Mendes - @poliziinhaa
Twitter: @SeriesEmFocoWeb
Facebook: SériesEmFoco


Assita a promo do próximo episódio:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
0 Comentário(s)