ORANGE IS THE NEW BLACK - 1ª TEMPORADA (RESUMO)

Por Juliane Santana

14 de agosto de 2013

SPOILERS ABAIXO:
Orange Is the New Black foi um grande sucesso da Netflix, atraindo diversos públicos e tratando de temas polêmicos, mas sempre com uma boa pitada de comédia.


A série conquista você rapidamente devido as personagens que são cativantes e a forma que aborda suas vidas antes de entrarem na prisão. Mesmo sendo Piper Chapman (Taylor Schilling) a protagonista, a jornada dela em Litchfield é apenas mais uma que é da curiosidade de quem assiste. Todas as personagens possuem alguma característica marcante, algo que aconteceu na vida delas que nos prende às suas histórias e faz querer sempre mais.

Inicialmente, como escrevi nas Primeiras Impressões sobre a série, acreditei num potencial, mas não imaginava o grande sucesso que faria. O motivo pela qual Piper Chapman foi parar atrás das grades não é o que mais chama atenção e atrai o público, com certeza poderiam arranjar algo melhor, mas como a série é baseada em um livro é importante que seja o mais parecido possível.  O modo em que os roteiristas resolveram nos introduzir aos demais personagens que fazem parte do cotidiano da Piper foi genial. Há pessoas que afirmam que se escolhessem um número menor de prisioneiras para contar as histórias, talvez teríamos criado mais laços com elas, mas na minha opinião achei que deveriam ter contado de muito mais pessoas. A cada episódio eu esperava ansiosamente para saber quem conheceríamos melhor dessa vez.
Outro ponto importante sobre a primeira temporada é a transformação radical da personagem principal. Piper Chapman entra em Litchfield cheia de preocupações em como agir, tentando não parecer tão indefesa e com o decorrer dos episódios notamos muitas diferenças em suas atitudes, tanto em relação a se relacionar com as outras prisioneiras quanto a se tornar mais violenta. A última cena da primeira temporada deixou isso bem claro, fazendo quem acompanha a série não só se surpreender, mas ficar com aquela curiosidade de o que vêm a seguir.
Resumindo e sem querer dar muitos spoilers, Orange Is the New Black atingiu todas as minhas expectativas e um pouco mais, realmente me surpreendeu com uma qualidade incrível. Minha primeira série da Netflix e não me decepcionou, conseguiu tratar de temas como violência, sexualidade, drama familiar, tráfico de uma forma inteligente e sempre colocando uma pitada de humor para suavizar. Se você não se apaixonar e viciar por essa série, algo está errado.

E você, o que achou? Deixe seu comentário e que venha a segunda temporada.

Facebook: SériesEmFoco

Assista a promo da série:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
4 Comentário(s)