GAME OF THRONES - S03E07: THE BEAR AND THE MAIDEN FAIR

Por Thamara Ribeiro

15 de maio de 2013

Por: Thamara Ribeiro - @Thamara_trs

SPOILERS ABAIXO:
Só eu que atribui o fato de Daenerys lutar pela libertação dos escravos Yunkai, uma leve referência à Lei Áurea? Ou estou viajando? Enfim, vamos ao episódio.

Para começar eu não entendo o porquê de Margaery estar sempre com o mesmo vestido azul, é bem bonito, realça a beleza dela contrastando com a pele branca, mas vamos trocar o figurino de vez em quando aí produção! Preciso comentar uma frase que ela falou durante a conversa com Sansa: “A maioria não sabe do que gosta até experimentar”. Alguém imagina o que está por trás dessa frase? Pareceu-me cheia de significados. Está aí mais um mistério da moça de Jardim de Cima.

The Climb não foi um péssimo episódio, apenas trouxe algumas cenas que, para mim, poderiam ter sido melhores, mas no geral foi mais uma continuação da história que nos trouxe até The Bear and the Maiden Fair. O sétimo episódio da terceira temporada mostrou um grande avanço em alguns arcos, personagens que vem evoluindo cada vez mais moldando a história de modo a deixar os telespectadores ansiosos pelo próximo episódio a fim de tentar descobrir como será o final de temporada.
Com relação aos desdobramentos a cerca do novo casal, Jon Snow e Ygritte, conseguiram me dobrar e hoje eu acho a ruivinha fofa, apesar de ser um pouco sonhadora de vez em quando, o lado corajoso dela sempre prevalece. No início eu esperava que ela morresse logo para Jon ficar mais livre, agora acredito que eles podem ser fortes juntos e assim estarão preparados para qualquer coisa que possa vir. Gostei muito dessa frase dela: “E se morrermos, morreremos. Mas primeiro vamos viver.”. Muito melhor do que aquela de praxe que ela faz questão de sempre falar para Snow, aquela que vocês já sabem qual é.

Hoje vou falar sobre o quanto essa outra dupla tem trazido outra atmosfera para o arco de Jaime Lannister e Brienne. Falo de Nikolaj Coster-Waldau e Gwendoline Christie, é cada nome mais estranho que o outro. Na temporada passada as cenas deles não eram tão intensas como são agora, a química entre os atores aumentou devido ao rumo que a história está tomando e agora transparece nos diálogos e olhares dos personagens que sem precisar de texto sentem e demonstram o quanto estão se dando bem nesta etapa da série. E eu, claro, estou gostando.
Vou terminar essa review com uma frase da Melissandre, a feiticeira vermelha, para o bastardo de Robert Baratheon que nos dá uma ideia do que vai acontecer daqui para frente: “Há poder no sangue de um rei”.
Até!

OBS: Dany com aquele olhar irônico e ameaçador é sempre um prazer assistir.

OBS: Acho que já da pra sentir pena do Theon Greyjoy.

OBS: O que será de nossa pequena valente Arya Stark?

OBS: Eu estava vendo a hora em que Lord Tywin daria uns cascudos no neto. Uma pena que não tenha acontecido.

Twitter: @SeriesEmFocoWeb
Facebook: SériesEmFoco

Veja a promo do próximo episódio:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
6 Comentário(s)