GREYS ANATOMY - S09E20/21: SHE’S KILLING ME / SLEEPING MONSTER

Por Alvaro Luiz Matos

28 de abril de 2013

Por: Mari Bomfim - @marriebomfim
SPOILERS ABAIXO:
Os dois últimos episódios focaram muito numa mesma coisa: Miranda sendo acusada de dar origem a uma infecção no hospital, Karev tentando lidar com o namorado de Jo, April decidindo se falava para o paramédico sobre sua virgindade [ou a falta dela] e Hunt se envolvendo demais com um dos pacientes.


She´s killing me, acabou com Miranda percebendo que poderia ser demitida por justa causa, justo ela, o coração do hospital e April confessando ao namorado que não era mais virgem o que deixou ele nervosinho e cheio de mimimi.

E então no episódio seguinte os monstros literalmente acordaram, primeiramente, antes de começar a falar dos “monstros” quero dizer que o caso dos dedos decepados pela brincadeira de cabo de guerra foi totalmente sem sentido!! Ou o time que estava do outro lado era Sansão, Thor, Hulck e a Mônica oou eles foram muito idiotas de não soltar a corda/varal quando sentiram sangrar a mão!!

Enfim... Shonda deve ter batido cabeça... seguindo...
Os monstros acordaram... Karev finalmente percebeu que está apaixonado por Jô o que o faz se sentir perdido porque ele sempre estraga o namoro ou as namoradas... por algum motivo desconhecido, elas sempre ficam loucas ou doentes. E Jô é sua amiga, se identificaram com os problemas da infância e então ele descobre que ela tem segredos que apenas ele [karev] sabe! Pronto, foi o que bastou para ele entender que o que ele sente por ela é amor. Mas então por ele, sem querer, contar sobre sua infância ao namorado ela ficou furiosa e não quer conversar mais com ele... a gente já não viu isso antes??

Segundo monstro acordado foi o fato de Miranda perceber que ela está por conta própria, sempre esteve, por isso era a durona. Já vimos em alguns episódios flashbacks dela sempre tentando se impor no hospital, mas os outros médicos não a levavam muito a sério com as trancinhas, então ela muda completamente sua personalidade, se fecha e ganha respeito... novamente quando ela começa a ser ela mesma: carinhosa, amiga, feliz, realizando estudos sobre genomas, ela escuta o eterno Chefe dizendo que a culpa era dela pele infecção. Claro que como todo filme, novela ou seriado a pessoa nunca escuta até o final e sai antes de descobrir aquilo era só um meio para chegar a outro fim.

O que nos leva ao terceiro monstro adormecido, que na verdade acredito que tenha sido só um tapa na cara. Miranda aos prantos diz para Richard que sempre fez de tudo para ele: escondeu situações de sua falecida esposa, o defendeu quando ninguém mais acreditava nele e o ajudou mesmo quando ele era um alcoólatra. Sim, Bailey joga no ventilador que ele operou dezenas de pessoas bêbado, e ela sempre o encobriu.
O monstro do Hunt é fofo: ele sempre quis ser pai, tem vocação pra isso, percebemos muito com o envolvimento que ele tem com a criança que está no hospital, mas ele ama Christina que como todos sabem, depois de dois abortos, não quer ser mãe nem pagando! Yang percebe que ele vem se afastando, mas não pode fazer nada a respeito.

Com a família Shepperd-Grey está tudo perfeito [apesar de achar que a barriga dela deveria estar maior...], ela decide que fará parto normal, e pede para Christina ficar perto dela para que Dereck não dê remédios para ela... [complicado ter marido médico].
E para finalizar mais um GA, Jackson, como sempre, dá uma sacudida em April, para ver se ela acorda pra vida. Mas ao mesmo tempo, o paramédico [que eu não sei o nome até agora] volta e pede desculpas e Bailey descobre que apesar de estar infectada a culpa pela infecção ter se espalhado eram as luvas.

Destaques para a cena de “falha de memória” da Miranda, quando ela começa a se confundir e trocar os pacientes e para a jornalista mirim que quer ser incrível!

Texto de: Mari Bomfim - @marriebomfim
Facebook: SériesEmFoco

Veja a promo do próximo episódio:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
3 Comentário(s)