BATES MOTEL - S01E06: THE TRUTH

Por Alvaro Luiz Matos

30 de abril de 2013

Por: Daniele Duarte @Daniduarte001
SPOILERS ABAIXO:
Que episódio foi esse, Brasil? Foram tantos acontecimentos que nem sei por onde começar para comentar sobre eles.


Começarei falando sobre a revelação do episódio que foi a morte do pai de Norman que, numa conversa entre Norma e Dylan, a mãe do Dylan revela ao seu filho mais velho como o pai de Norman morreu. Até esse episódio, a morte do marido de Norma era uma grande incógnita. Particularmente, suspeitava que Norma tivesse matado o pai do Norman. No entanto, o responsável pela morte do pai de Norma foi o próprio filho.

Fica claro para nós que foi, a partir desse evento trágico, que uniu Norma e Norman, uma vez que ambos só tinham um ao outro de agora em diante. Não existia mais a figura paterna para defendê-los, protegê-los de algum problema. A partir de agora era Norma quem gerenciava a casa e tomava as decisões não só sobre o seu futuro, mas também sobre seu filho Norman. 
É nesse momento também que percebemos que Norman não é uma pessoa normal, uma vez que ele matou o seu pai para defender Norma sem saber o que estava fazendo. Tanto é que Norman pensa até hoje que seu pai morreu derivado de um acidente ocorrido dentro de casa. É a partir desse fato que entendemos o porquê do Norman ser um sociopata quando adulto, embora a série não tenha ainda mostrado esse lado obscuro dele. Norman, em situações de perigo age em autodefesa e, diante disso, pode cometer atos extremos como matar alguém, frisando que Norman não sabe o que está fazendo. Na minha opinião, parece que Norma se tornou essa pessoa que age em sua própria defesa a partir do momento da morte do marido, já que no instante em que seu ele estava batendo nela, Norma ficou quieta, sem ao menos se defender contra a agressão sofrida do seu marido. 

Essa mudança é perceptível, por exemplo, no exato instante em que Norma, em legítima defesa, mata o antigo proprietário do hotel pelo fato de estar sendo estuprada. Por outro lado, na cena em que seu marido bate nela, Norma não reage se sujeitando os tapas do seu marido. 
Para terminar, esse episódio me remeteu bastante ao filme Psicose do saudoso Hitchcock (*__*). Não que a série nunca me remeta ao filme, porém nesse episódio os produtores optaram por usar um recurso muito utilizado pelo diretor britânico que é o uso de uma música no ápice do suspense com a finalidade de deixar essa cena com um toque de suspense muito maior do que já é. Por exemplo, a cena do chuveiro em que a moça é morta no filme Psicose não dá medo. Esse susto é causado pela trilha sonora do filme. Um truque utilizado em todos os filmes de Hitchcock que até hoje é usado na maioria dos filmes do gênero.

Texto de: Daniele Duarte @Daniduarte001
Twitter @SeriesEmFocoWebRelated Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Facebook: SériesEmFoco



Veja a promo do próximo episódio:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
3 Comentário(s)