HOW I MET YOUR MOTHER – S08E16: BAD CRAZY

Por Alvaro Luiz Matos

16 de fevereiro de 2013

Por: AlvaroLuizMatos - @AlvaroLuizMatos
SPOILERS ABAIXO:
O que mais aterroriza um homem não é uma mulher inteligente, não é uma mulher rica e nem mesmo uma mulher poderosa, mas sim uma mulher linda e louca.

Pra começar é bom dizer que a atriz que faz Jeanette nem é tão bonita assim não, mas vamos comprar a ideia de que o que ela tem de bonita ela tem de louca, pois é isso que a série procura nos vender. E para ser bem sincero, essas coisas fora do comum costumam agradar em certo momento, mas um dia fica claro o quanto essa pessoa é desajustada.

Imaginei que Jeanette faria parte do roteiro por mais tempo e que a série iria estender esse relacionamento por vários episódios, porem HIMYM não quer cometer novamente o mesmo erro que resultou naquele período de términos coletivos. Sendo assim o roteiro já definiu como esse relacionamento irá acabar (sem estragar as surpresas é claro).

Ao tratar esse relacionamento como incomum desde o começo os roteiristas mostram que pretendem transmitir ao espectador a sensação de que a série começa a andar em passos largos e que o roteiro não está mais preso a condicionantes externos (pois a renovação para a última temporada já foi anunciada)

O episódio mostrou todo o arsenal de maluquices da nova “ex” namorada do Ted e utilizou isso da melhor forma possível. Todas as melhores cenas do episódio passaram por ela, tanto as indiretas sobre ela ser louca, como a própria surtando igual uma degenerada. Outro momento que também chamou a atenção justifica o porquê comecei a review dizendo que todo homem acaba se atraindo por mulheres malucas, Ted mesmo vendo seu quarto destruído, sua namorada soltando os cachorros consegue olha-la de camisola (roxa) e bota (vermelha) e dizer que está se apaixonando. É possível isso? Sim, é possível.

Paralelo a isso vimos uma história não tão boa envolvendo Rob e Lily. Ambas juntas não costumam funcionar com tanta qualidade, Lily funciona melhor com Marshall e Robin com Ted e Barney. De tudo naquela história do bebê eu só consegui soltar uma gargalhada na hora em que escutei “Senador Mike Tyson”.

Esse arco teve o intuito de aflorar o instinto materno de Robin e mostrar que a evolução da personagem no campo emocional vem sendo um dos destaques da temporada.

Só para encerrar, acho que esse episódio vem dar continuidade a essa recente boa sequência da série. Todos nós sabemos que o início da temporada foi realmente sofrível, porem o roteiro vem crescendo, os episódios melhorando e os arcos ficando, a cada dia, mais interessantes.

Obs. 1: Muito boa à cena em que Marshall e Barney entram na casa do Ted e colocam lá as coisas mais estranhas do mundo. Belo modo de começar o episódio.

Obs. 2: E o que dizer do relógio de Barney? Serviu muito bem para ironizar a falta de parafuso em Jeanette.

Obs. 3: O que é pior do que uma maluca que além de louca é policial?

Twitter @SeriesEmFocoWebRelated Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Facebook: SériesEmFoco

Veja a promo do Próximo Episódio:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
5 Comentário(s)