PRIMEIRAS IMPRESSÕES - BANSHEE (RESUMO: EPISÓDIOS 01 A 06)

Por Alvaro Luiz Matos

22 de fevereiro de 2013

Por: AlvaroLuizMatos - @AlvaroLuizMatos

SPOILERS ABAIXO:
Existem pessoas dizendo que Banshee não tem nada de Alan Ball, existem críticos dizendo que a série parece com a franquia GTA e ainda outros dizendo que ela não é plausível.  Mas a verdade é que a série é muito boa.

Sim, Banshee nem sempre é plausível, mas Alan Ball nunca agiu dessa forma. O que quero dizer é que se relevarmos algumas coisas e lembrarmos que se trata de ficção iremos assistir a série com muito mais prazer ao invés de difundir críticas desnecessárias.
É claro que algumas coisas não são comuns como, por exemplo, dizer que um criminoso altamente conhecido chega a uma cidade que ninguém nunca tenha ouvido falar do rapaz. Sim sei que isso não parece ser aceitável, mas vamos lá, uma cidade como aquelas pessoas extremamente interioranas e situações muitas vezes semelhantes a novelas de época também não são comuns, pois hoje temos internet e muitas coisas se difundem rapidamente. Mas se nos prendermos a essas considerações estaremos perdendo o brilho da série já que se trata de um tema “fantasia” e não de uma série que procura retratar a realidade.
Nesse trecho anterior cheguei até citar algumas outras características do Alan Ball, mas vou menciona-las novamente agora com mais destaque. Alguém ai assistiu (ou assiste) True Blood? Existem muitas semelhanças como uma cidade pequena e totalmente desligada do mundo, a existência de um xerife e uma polícia desacreditada, o caos estalado na cidade, uma pequena taverna (um bar), e vários segredos (esse é filho daquele que é irmão daquela e etc). E vocês não viram nada de Alan Ball? E que tal o traveco? E a menção a Charlie Sheen no primeiro episódio? Enfim, não quero me aprofundar aqui.

Fora disso a história é interessante. As tramas estão sendo desenvolvidas aos poucos e não por menos a série deixa de ter ação. Todas as correlações feitas acabam se interligando e fazendo com que nenhum personagem na série fique solto ou perdido, as cenas quentes e intensas (coloca intensas nisso) são constantes e principalmente a objetividade do roteiro faz com que a série não pareça uma perda de tempo.
Sinceramente estamos no início do ano, em um período que passamos há ter menos tempo para o entretenimento, mesmo período que está me fazendo colocar muitas séries na geladeira e retirar outras tantas da minha grade. É de admirar que Banshee tenha conseguido me chamar a atenção e me fazer apostar em sua qualidade e ousadia.

Tenho que admitir que se você ainda não viu a série você também deveria abrir espaço para Banshee em sua grade, espero que gostem.


Twitter @SeriesEmFocoWebRelated Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Facebook: SériesEmFoco

Veja a promo da série:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
2 Comentário(s)